La Tête Haute abre Cannes 2015

Cannes 2015  

"La Tête Haute" abre Cannes 2015

O festival abre pela segunda vez com uma longa metragem realizada por uma mulher.

Artigo recomendado:
La Tête Haute abre Cannes 2015
Cannes 2015
A seleção da Quinzena dos realizadores O belga Jaco Van Dormael, o japonês Takashi Miike, os franceses Philippe Garrel e Arnaud Desplechin, e o português Miguel Gomes enriquecem ...

Este ano, Cannes abre com um filme de uma realizadora. "La Tête Haute" abrirá a 13 de maio, a 68ª edição do Festival de Cannes.

"La Tête Haute" conta o percurso educativo de Malony, entre os seis e os 18 anos, um jovem que uma educadora e uma juíza tentam incansavelmente salvar.

"A escolha deste filme poderá parecer supreendente, tendo em conta os critérios normalmente aplicados na abertura do Festival de Cannes" - afirma Thierry Frémaux, delegado geral do certame. "É, evidentemente, o reflexo da nossa vontade em ver o festival começar com uma obra original, forte e comovente. O filme de Emmanuelle Bercot contém afirmações importantes sobre a sociedade atual, na tradição de um cinema moderno, totalmente envolvido em temas sociais e possuidor de uma universalidade que faz dele a obra ideal para o público de todo o mundo que estará presente em Cannes".

"La Tête Haute" sejá projetado em ante-estreia mundial no Grand Théâtre Lumière do Palácio dos Festivais e será distribuido comercialmente em França no mesmo dia, quarta-feira, 13 de maio.

Realizadora, argumentista e atriz, Emmanuelle Bercot começou por estudar dança, antes de integrar a escola superior de cinema, em França. O seu talento é descoberto no Festival de Cannes de 1997, onde a curta-metragem "Les Vacances" recebe o Grande Prémio do Júri. A confirmação das suas qualidade surge dois anos depois, com o Segundo Prémio Cinéfondation, para "La Puce" o seu filme de final de curso.

Em 2001, realiza a primeira longa-metragem, "Clément", onde também é protagonista. O filme integra a secção "Un Certain Regard", desse ano.

Desde então, realiza diversos filme, entre eles "Elle s'en Va", com Catherine Deneuve. Emmanuelle Bercot é igualmente co-autora do argumento do filme "Polisse" , da realizadora Maïwenn, que lhe ofereceu o papel de protagonista no seu novo filme, "Mon Roi", em competição na secção principal de Cannes 2015.

por

Recomendamos: Veja mais Artigos de Cannes 2015