Latinos dominam Quinzena dos Realizadores
"The We And The I", filme futurista de Michel Gondry, inaugura a Quinzena dos Realizadores 2012.

Cannes 2012  

Latinos dominam Quinzena dos Realizadores

Seis filmes da América Latina e um de Espanha traduzem uma forte presença do cinema latino na Quinzena dos Realizadores.

Artigo recomendado:
Latinos dominam Quinzena dos Realizadores
Cannes 2012
Basil da Cunha na Quinzena dos Realizadores Realizador luso-suiço regressa ao festival de Cannes.

Produções do Uruguai, México, Argentina, Chile e Colômbia garantem uma forte presença da América do Sul na Quinzena dos Realizadores.

"Ficamos surpresos com o dinamismo das cinematografias da América Latina", afirmou durante o encontro com a imprensa, Edouard Waintrop, o novo delegado-geral desta seção paralela criada pela Sociedade de Realizadores de Filmes (SRF), em maio de 1968.

Num ano em que o cinema latino surge em destaque, destaca-se o simbolismo da estreia mundial do filme "La Noche de Enfrente", que o diretor chileno Raúl Ruiz estava a editar quando morreu, subitamente, em 19 de agosto de 2011.

"Este filme é a quintessência do cinema de Raúl Ruiz: o melhor de seu estilo, a relação entre sua vida na França e sua infância no Chile, os saltos intempestivos de um tema ao outro", explicou Waintrop.

Na Quinzena será exibido "No", o novo filme do chileno Pablo Larraín, onde Gael Garcia Bernal desempenha o papel de um publicitário que procura influenciar o eleitorado a votar contra Augusto Pinochet durante um referendo, destinado a validar um novo mandato, realizado em 1988.

O espanhol Jaime Rosales regressará com "Sueño y Silêncio", um conto sobre perda e amnésia.

Michel Gondry vai abrir a Quinzena com o filme "The We and the I", rodado no Bronx, em Nova Iorque, sobre um grupo de estudantes que viaja para o futuro.

Na seleção
de 21 filmes, há seis primeiras obras, incluindo o documentário "Room 237", de Rodney Ascher, que examina as teorias em torno das estranhas ocorrências no filme "Shining" de Stanley Kubrick.

O cineas
ta iraniano Massoud Bakhshi também vai estrear o seu filme semi-autobiográfico, "A Respectable Family", um drama que abrange trinta anos de história contemporânea correspondendo ao período pós-revolução iraniana.

O cineasta turco Nuri Bilge Ceylan, por sua vez, receberá a Carruagem de Ouro, o prémio que a Sociedade de Realizadores Franceses concede em Cannes. A cerimónia de consagração acontecerá no dia 17 de maio, na festa de abertura da Quinzena dos Realizadores.

Seleção Oficial 44ª Quinzena dos Realizadores


3, Pablo Stoll WARD (Uruguai)

Fogo, Yulene OLAIZOLA (México)

Infancia Clandestina Benjamín ÁVILA (Argentina)

No, Pablo LARRAÍN (Chile)

La Sirga,  illiam VEGA (Colômbia, França e México)

Sueño y Silêncio, Jaime ROSALES (Espanha)

Adieu Berthe, Bruno PODALYDES (França)

Alyah, Elie WAJEMAN (França)

Camille Redouble, Noemie LVOVSKY (França)

Dae gi eui wang/The King of Pigs" de YEUN Sang-ho (Coreia do Sul)

Dangerous Liaisons, Jin-ho HUR (China)

Ernest et Célestine, Stéphane AUBIER, Vincent PATAR e Benjamin RENNER (França, Bélgica e Luxemburgo)

Gangs of Wasseypur, Anurag KASHYAP (Índia)

Opération Libertad, Nicolas WADIMOFF (Suíça)

Rengaine, Rachid DJAIDANI (França)

Room 237, de Rodney ASCHER (Estados Unidos)

Le Repenti, Merzak ALLOUACHE (Argélia)

The We and The I, Michel GONDRY (Estados Unidos)

A Respectable Family, Massoud BAKHSHI (Irão)

La Noche de Enfrente, Raúl RUIZ (Chile e França)

Sightseers, Ben WHEATLEY (Reino Unido)

por
publicado 00:07 - 25 abril '12

Recomendamos: Veja mais Artigos de Cannes 2012