Leff, dia 1: cinema e exposições
Philip Seymour Hoffman, "O Mentor": prémio de interpretação em Veneza 2012 no filme que abre o 6º LEFFEST.

FestivalLEFF 2012  

Leff, dia 1: cinema e exposições

Dois filmes norte-americanos e inauguração das exposições de Noronha da Costa e Isabel Zuzarte marcam a noite de gala do 6º LEFFEST.

Artigo recomendado:
Leff, dia 1: cinema e exposições
Festival
Rostos e filmes do LEFF O ator William Dafoe, os escritores Hanif Kureishi e Enrique Vila-Matas e o pianista Alfred Brendel são alguns dos convidados do Lisbon & ...

A exibição dos filmes "O Mentor", de Paul Thomas Anderson, e "Beasts of the Southern Wild", de Behn Zeitlin, e a inauguração das exposições de Noronha da Costa e Isabel Zuzarte marcam hoje a abertura do Lisbon & Estoril Film Festival (LEFFEST).

A sexta edição do festival LEFF decorrerá até ao dia 18, em vários espaços de Lisboa e do Estoril, estando a abertura oficial marcada para hoje ao final do dia, no centro de congressos do Estoril, com uma gala no casino.

Na abertura e na gala estarão presentes alguns dos convidados anunciados pela organização, entre os quais se contam os realizadores Monte Hellman, Adolpho Arrietta e Bertrand Bonello, os atores Willem Dafoe e Fanny Ardant, o pianista Alfred Brendel e o pintor Noronha da Costa.

A exibição do filme "O Mentor" é o primeiro grande destaque da edição 2012 do LEFFEST - Lisbon & Estoril Film Festival, e já levou a organização a disponibilizar mais 150 lugares para a sessão no Centro de Congressos do Estoril. O filme de Paul Thomas Anderson - que venceu o Leão de Prata em Veneza para melhor realizador - conta a história de um veterano da segunda guerra (Joaquin Phoenix), que se transforma no fiel seguidor de um intelectual americano (Philip Seymor Hoffman), que nos anos 50 iniciou o culto da Cientologia.

Hoje, nas mesmas salas, será também exibido, em antestreia, "Beasts of the Southern Wild", primeira longa-metragem do realizador norte-americano Behn Zeitlin, premiado em Sundance, em 2011.

O filme acompanha uma menina de seis anos que decide ir à procura da mãe que desapareceu, depois de a pequena comunidade onde vive, no rio Mississipi, ter sido abalada por uma série de alterações da natureza.

A retrospetiva dedicada a Brian de Palma começa no primeiro dia do festival. O cineasta veterano tem sido, desde a década de 70, um dos seguidores do mestre Alfred Hithcok, e criou uma marca de autor mais evidente no género do thriller. O festival propõe rever as obras marcantes da sua carreira que vai desde de obras como "Scarface", que se tornou um retrato emblemático da máfia, até "Carrie", filme incontornável nas listas dos melhores momentos do cinema de terror, passando por filmes menos conhecidos do público português.

Outro autor norte-americano  em destaque é Monte Hellman, o desalinhado de Hollywood, que tem feito carreira à margem das luzes da ribalta, mas foi ele quem deu visibilidade a Quentin Tarantino, ao produzir o filme "Cães Danados".

Foi actor e frequentou as elites culturais de onde surgiam figuras como Francis Ford Coppola, ou Martin Scorcese, mas Monte Hellman tem a marcar de um verdadeiro percurso independente. O primeiro filme, "The Shooting - Duelo no Deserto" foi feito a meias com Jack Nicholson, amigo do realizador, que participou como actor e co-produtor.

Representantes das outras artes: exposições de Noronha da Costa e Isabel Zuzarte
Como o festival se estende a outras artes para lá do cinema, no centro de congressos do Estoril são inauguradas as exposições "Noronha da Costa - A Representação das Imagens", com algumas das obras mais importantes do artista, e "Cada um com a sua Ítaca", da fotógrafa portuguesa Isabel Zuzarte.

Nascido em Lisboa, em 1942, e licenciado em Arquitetura pela Escola Superior de Belas Artes de Lisboa, Noronha da Costa é um criador multifacetado, dividido por várias artes, além da formação, como a pintura, a escrita, o cinema e a escultura.

A obra de Noronha da Costa é integrada na programação do certame, segundo a organização, devido à sua ligação ao cinema, na capacidade de "simular planos prontos a filmar, personagens dispostas em cena, retratos que precisam de ser focados com a lente correta".

A obra de Isabel Zuzarte abrange desde a fotografia de moda, ao retrato e à fotografia documental.

Destaques LEFFEST dia 1:

"O Mentor"
18h30 Centro de Congressos do Estoril - Estoril
22h00 Cinema Monumental - Sala 4 - Lisboa

"Carrie", Brian de Palma
24h30 Casino Estoril - Estoril

"The Shooting - Duelo no Deserto", Monte Hellman
24h30 Cinema Monumental - Sala 4 - Lisboa

por

Recomendamos: Veja mais Artigos de FestivalLEFF 2012