Leff, dia 3: seguindo o exemplo do pai
Brandon Cronenberg, argumentista e realizador, marca presença no Estoril com a sua primeira longa-metragem.

LEFF 2012Festival  

Leff, dia 3: seguindo o exemplo do pai

Brandon Cronenberg, um dos filhos de David Cronenberg, passou alguns anos a tentar resistir à ideia de fazer filmes, mas acabou por estudar cinema e seguir o percurso do pai.

Depois de várias curtas que despertaram curiosidade nos circuitos dos festivais, Brandon Cronenberg chegou este ano ao festival de Cannes, à secção "Un Certain Regard", com o filme "Antiviral".

O filme foi escrito e realizado pelo jovem cineasta a partir de uma ideia que começou a ganhar forma há 8 anos, quando estava doente com uma forte gripe. Nessa espécie de delírio febril imagniou o que sucederia se fosse possível injectar vírus que atacaram pessoas famosas.

Brandon Cronenberg dá como exemplo os fãs de Angelina Jolie, que podiam ser injectados com o vírus da mesma constipação que a estrela de Hollywood tivesse sofrido. "Antiviral" é uma proposta de ficção científica, mas como o próprio realizador assume, impregnada de vários elementos que compõem o cinema de terror. O jovem cineasta está no festival e vai estar disponível para trocar impressões com o público.

Um dos convidados de honra, o actor Willem Dafoe já fez as delícias dos fãs e esteve ontem no centro de congressos do Estoril numa conversa moderada pelo encenador Tiago Martins e que evidenciou o percurso do actor dividido entre o teatro e o cinema. Esteve mais de 25 anos ligado a uma pequena companhia de teatro independente em Nova Iorque, e mesmo depois de vários filmes bem sucedidos, nunca deixou de trabalhar em palco.

Um exemplo disso mesmo é o filme "Bob Wilson’s Life and Death of Marina Abramovic", assinado por Giada Colagrande, mulher de Willem Dafoe. Um olhar de bastidores sobre os preparativos de criação de uma ópera experimental inspirada no percurso da performer Marina Abramovic e que contou com interpretações da própria, com música de Antony Hegarty (Antony and the Johnsons), e direcção de Robert Wilson.

Destaques LEFFESTE, dia 3:

"Bob Wilson’s Life and Death of Marina Abramovic" de Giada Colagrande
21h00 Espaço Nimas - Lisboa

"Antiviral" Brandon Cronenberg
22h00 Cinema Monumental - Sala 4 - Lisboa

por

Recomendamos: Veja mais Artigos de LEFF 2012Festival