Morreu Patricia Hitchcock, actriz em três filmes do pai
"O Desconhecido do Norte-Expresso" (1951) — filmada pelo pai

Obituário  

Morreu Patricia Hitchcock, actriz em três filmes do pai

Com uma carreira com um reduzido número de filmes, Patricia Hitchcock participou em três títulos realizados pelo pai — faleceu na sua casa, na California, aos 93 anos de idade.

Patricia Hitchcock, filha única de Alfred Hitchcock (1899-1980), faleceu no dia 9 de agosto, na sua casa de Thousand Oaks, California, durante o sono, de causas naturais — contava 93 anos.

Nasceu a 7 de julho de 1928, em Londres. O seu nome completo, Patricia Alma Hitchcock, integrava o nome da mãe, Alma Reville (1899-1982), figura fundamental na carreira do marido como colaboradora em muitas tarefas, da montagem à escrita de argumentos.

Depois da morte do pai, Patricia Hitchcock foi a principal gestora da sua herança artística. Como actriz, é certo que a sua carreira nunca teve um desenvolvimento significativo, embora tenha deixado uma marca importante em três títulos realizados pelo mestre do "suspense": "Stage Fright/Pânico nos Bastidores" (1950), "Strangers on a Train/O Desconhecido do Norte-Expresso" (1951) e "Psycho/Psico" (1960) — neste último, interpretava a colega de escritório de Janet Leigh [video]. Entre 1955 e 1960, participou ainda numa dezena de episódios da série televisiva "Alfred Hitchcock Apresenta".


De qualquer modo, a presença mais emblemática de Patricia Hitchcock está em "O Desconhecido do Norte-Expresso": de nome Barbara, a sua personagem é quem pressente a actividade criminosa que é fulcral na tensão dramática do filme; decisivo é o momento em que Hitchcock a filma com a chama de um isqueiro (objecto que constitui uma prova fundamental) a reflectir-se nos seus óculos.

por
publicado 21:57 - 12 agosto '21

Recomendamos: Veja mais Artigos de Obituário