Musical: um género acabado?
Christina Aguilera: uma boa escolha
para uma revisitação pouco feliz do género musical

Cinema Norte-americanoMusicalMais Cinema  

Musical: um género acabado?

Será que não é mesmo possível relançar o espírito clássico do musical? "Burlesque" é mais uma aposta que, infelizmente, se fica pelas boas intenções.

Para onde vai o género musical?... A resposta não é fácil, quanto mais não seja porque sabemos de onde vem: de uma exuberante tradição, industrial & artística, que marcou, sobretudo, as décadas de 1940/50 de Hollywood. "Burlesque", de Steve Antin, é mais uma ilustração dessa dificuldade de relançar uma herança que, em boa verdade, já não tem base industrial.

A reunião de dois nomes como Cher e Christina Aguilera é, em si mesma, interessante e motivadora. Tratar-se-ia, afinal, de criar uma linha de cumplicidade entre "professora" e "discípula" (o que, aliás, é reforçado pelo próprio argumento, centrado na ascensão da personagem de Aguilera), celebrando o musical como um renovado palco de encontro e cumplicidade de gerações.

Acontece que não é simples sustentar tal dinâmica quanto aquilo que se tem para dar pouco mais é do que uma colagem de números musicais, pontuados por débeis momentos "dramáticos", tudo montado com o espírito de rotina de um show televisivo. Claro que confluem aqui diversas contribuições técnicas de óbvia competência profissional — em todo o caso, o espírito do musical continua adormecido nas profundezas da memória.


 

Poster de «Burlesque» BURLESQUE

A jovem Ali é dona de uma extraordinária voz e sonha com palcos de grandes cidades. Um dia decide deixar a sua vida para trás e partir para Los Angeles, onde percebe que as oportunidades de mostrar o seu talento são raras. Até que descobre "O Burlesque", um cabaré em decadência gerido por Tess, para quem o espectáculo é a sua vida. Decidida a fazer parte de tudo aquilo, fica a trabalhar como empregada de mesa, conquistando a simpatia de Jack, o empregado do bar, e de Sean, o director de cena.

De Steven Antin com Tom Cruise, Cher, Christina Aguilera, Eric Dane; Comédia, Drama, Musical; 115 m; M/12; EUA; 2010

por
publicado 22:16 - 04 janeiro '11

Recomendamos: Veja mais Artigos de Cinema Norte-americanoMusicalMais Cinema