NÃO DÊS BRONCA (1989)
Spike Lee durante a rodagem de "Do the Right Thing / Não Dês Bronca"

DVD Memória  

NÃO DÊS BRONCA (1989)

Entre os muitos títulos que podemos encontrar na história de Hollywood abordando as tensões raciais, este filme de Spike Lee constitui, por certo, um momento fundamental — o próprio realizador interpreta uma das personagens.

Em 2017, o extraordinário “Detroit”, de Kathryn Bigelow, leva-nos a evocar uma verdade tantas vezes esquecida. De facto, Hollywood tem uma tradição plural de cinema político e, muito em particular, de análise das tensões raciais e das manifestações do racismo na sociedade dos EUA. Vale a pena recordar uma referência de 1989 que, em boa verdade, já é um clássico — chamou-se em português “Não Dês Bronca”.

Escrito, realizado e também interpretado por Spike Lee, o filme parte da figura de Mookie, precisamente a personagem assumida por Spike Lee — em Nova Iorque, na zona de Brooklyn, ele é um empregado negro de uma pizzaria de um branco, interpretado por Danny Aiello: o seu dia a dia, monótono e repetitivo, vai ser abalado por confrontos induzidos pelas diferenças raciais. Curiosamente, uma das entidades marcantes daquele universo é a rádio; sendo o seu apresentador interpretado por Samuel L. Jackson.


Spike Lee é, antes do mais, um realista: as diferenças sociais existem, o racismo existe — e o seu filme é, primeiro que tudo, uma constatação do estado das coisas num microcosmos pleno de ressonâncias simbólicas. O voto “não dês bronca”, consagrado pelo título português, não é fácil. Ou como diz o título original, trata-se de saber como fazer as coisas certas — “Do the Right Thing”.

No plano musical, vale a pena lembrar que o álbum de “Do the Right Thing” foi um invulgar sucesso de vendas, de tal modo as emoções do filme passavam, e muito, pelas canções. Entre os participantes na banda sonora estavam ainda, por exemplo, Al Jarreau, os Public Enemy e Teddy Riley — eis Teddy Riley, na companhia da banda Guy, cantando “My Fantasy” [audio].

por
publicado 20:54 - 14 outubro '17

Recomendamos: Veja mais Artigos de DVD Memória