O Corpo da Mentira de Ridley Scott
Leonardo DiCaprio no papel de Roger Ferris, operacional da CIA, contracenando com Russell Crowe - DR

Mais CinemaMais CinemaMais CinemaMais CinemaCinema Norte-americano  

"O Corpo da Mentira" de Ridley Scott

Leonardo DiCaprio na frente de combate ao terrorismo, num thriller de Ridley Scott baseado numa novela de David Ignatius, colunista do Washington Post.

Em Paris, convidámos Leonardo DiCaprio e o realizador Ridley Scott para uma conversa sobre " O Corpo da Mentira". O pano de fundo é o Médio Oriente e a guerra contra o eixo do mal. Espionagem e contra-espionagem...

Uma guerra dificil de vencer mesmo com os "satélites que conseguem detectar as nossas conversas telefónicas", disse Ridley Scott, em tom bem humorado. Mas se a alta tecnologia é insuficiente para combater os sinais de fumo do terrorismo, então qual é a solução?

No filme, Leonardo DiCaprio é um espião que conhece bem o terreno e, sobretudo, respeita a cultura e os costumes islâmicos. O actor sublinhou esta falta de sensibilidade da política externa norte-americana na era George W. Bush. Activista ambiental fez também questão de afirmar que " se perderam oito anos essenciais na luta contra o aquecimento global", mas ainda vamos a tempo; e em Roma, onde assistiu à vitória de Barack Obama, celebrou com uma garrafa de champagne, entre amigos.

"O Corpo da Mentira" é um filme que reflecte sobre a má relação dos Estados Unidos com o mundo islâmico, situação que para Leonardo di Caprio e Ridley Scott pode ser invertida com a sensibilidade mais aberta da nova administração norte-americana.



O CORPO DA MENTIRA
De Ridley Scott, com Leonardo DiCaprio, Russell Crowe, Mark Strong

por

Recomendamos: Veja mais Artigos de Mais CinemaMais CinemaMais CinemaMais CinemaCinema Norte-americano