O Oscar do desinteresse
Chloé Zhao e equipa de produtores de "Nomadland"

Oscar 2021  

O Oscar do desinteresse

Pela primeira vez, a audiência televisiva em direto nos EUA baixou dos 10 milhões de espectadores.

Artigo recomendado:
O Oscar do desinteresse
Oscar 2021
"Nomadland - Sobreviver na América" ganha noite dos Óscares O filme de Chloé Zhao triunfou em três categorias: melhor filme, melhor realização e melhor atriz.

A transmissão em direto da 93.ª entrega dos Óscares foi a menos vista desde que há registos, segundo o estudo divulgado esta segunda-feira pela Nielsen. A audiência média foi de 9,85 milhões de pessoas, menos 58,3% do que em 2020.

Em 2018, foram 26,5 milhões os espectadores. Em 2019, 29,6 milhões e em 2020 23,6 milhões, tudo números relativos ao direto.

Os prémios da academia norte-americana de cinema seguiram o caminho de galas semelhantes, como os Globos de Ouro, vistos por 6,9 milhões de espectadores, descida de 62% em relação ao ano anterior; ou os Grammys, da indústria musical, que sofreram uma descida na audiência de quase 53% em comparação com 2020. Também os SAG Awards, da associação de atores, viu a audiência televisiva diminuir 52%.

por

Recomendamos: Veja mais Artigos de Oscar 2021