O destino dos Oscarssob o signo da... televisão
Los Angeles, 22 de Fevereiro de 2009: os Oscars vão ser assim

Oscar 2009Cinema Norte-americano  

O destino dos Oscars
sob o signo da... televisão

Será que a 81ª cerimónia dos Oscars da Academia de Hollywood vai conseguir superar a queda (de audiências televisivas) de anos anteriores?

Eis uma imagem que promete festa, exuberância e espectáculo, numa palavra, entertainment! Foi publicada em The New York Times (edição do dia 12) e mostra-nos a cenografia de base para a cerimónia dos Oscars de 22 de Fevereiro, concebida por David Rockwell (o arquitecto que desenho o próprio Kodak Theater onde terá lugar o evento).

E, no entanto, a cerimónia deste ano tem gerado contratempos e dúvidas. Assim, por exemplo, Peter Gabriel retirou-se do espectáculo, onde deveria interpretar "Down to Earth", de "WALL-E" (uma das nomeadas para melhor canção), considerando que a redução do seu tempo — a organização quer "acelerar" os acontecimentos e impôs versões "curtas" das canções — não é compatível com a sua dignidade artística. Além do mais, que mais-valia virá do apresentador Hugh Jackman, porventura brilhante, mas de facto sem experiência na função de apresentador de um acontecimento desta dimensão?

Em boa verdade, tais dúvidas escondem um problema bem diferente, ou melhor, "o" problema: as audiências televisivas têm diminuído regularmente e estão em jogo muitos milhões, por um lado nas receitas dos filmes, por outro lado nos investimentos publicitários.

Daí que, independentemente de vencedores e vencidos, o espectáculo do dia 22 vá ser um teste fundamental para a identidade mediática dos Oscars. Até porque a evidência noticiosa adquirida por outros prémios (a começar, claro, pelos Globos de Ouro) criou a imagem dos Oscars como uma espécie de "confirmação" de distinções já atribuídas por outros... E, de facto, os Oscars são (ou deveriam ser) um símbolo exemplar da vitalidade de uma gigantesca comunidade artística & industrial.

por
publicado 15:45 - 20 fevereiro '09

Recomendamos: Veja mais Artigos de Oscar 2009Cinema Norte-americano