Cannes 2015  

O documentário definitivo sobre Amy Winehouse

O filme do britânico Asif Kapadia oferece um perspetiva nova sobre a tragédia da diva britânica da soul e do jazz.

O documentário "Amy" é um filme íntimo, apaixonado, envolvente e até chocante sobre o percurso familiar e artístico da cantora que morreu no auge da carreira, com 27 anos.

O realizador britânico Asif Kapadia reuniu fotografias e videos pessoais, as letras das canções manuscritas pela cantora, e uma série de depoimentos esclarecedores de amigos e músicos, incluindo dos familiares de Amy, que resistiram a falar durante dois anos.

O filme permite perceber como o percurso artístico de Amy se confunde com a sua vida pessoal e como a cantora não estava reparada para lidar com tamanho sucesso, algo que se traduz na ideia de que uma cantora de jazz não pode atuar para 50.000 pessoas ou nesta frase tão sentida que ela disse a uma amiga na véspera da sua morte em 2011: "Se pudesse eu dava tudo para poder caminhar tranquila nas ruas".

"Amy" revela que a cantora não estava preparada para lidar com tamanho sucesso e de certa forma foi uma vítima da excessiva exposição mediática a que estava sujeita. É um filme justo para com a cantora, mesmo expondo os piores momento e até comportamentos menos corretos dos familiares de Amy, nomeadamente do pai, que de resto já se mostraram incomodados com o filme.

Tal como sucedeu com "Senna", o realizador Asif Kapadia volta a ter possibilidades ser reconhecido e premiado, sendo de admitir que "Amy" possa estar entre os cinco nomeados na categoria de melhor documentário do ano. O filme foi exibdo no festival de Cannes na seleçao oficial mas fora da competição pela Palma de Ouro.

por
publicado 00:21 - 17 maio '15

Recomendamos: Veja mais Artigos de Cannes 2015