O encontro com Madonna

Veneza, dia 2  

O encontro com Madonna

Madonna mobilizou centenas de jornalistas para uma das conferências de imprensa mais concorridas do ano em todo o mundo.

Artigo recomendado:
O encontro com Madonna
"W.E.", de Madonna
Veneza, dia 2: Madonna e o amor real Madonna apresenta o segundo filme em Veneza mas não conquista o festival com "a maior história de amor do Século XX".
Cinemax Rádio:
Outros Áudios
Veneza 2011 - dia 1 - "W.E."

"W.E.", o filme de estreia de Madonna, não foi recebido com grande entusiasmo pela imprensa internacional e esse acolhimento pode arrefecer as pretensões da Miramax de apostar no filme para as nomeações dos Óscares deste ano.

Mas Madonna mobilizou os jornalistas para uma mega conferência de imprensa - centenas de repórteres, fotógrafos e operadores de câmara ocuparam posição na gigantesca sala de conferências do Palácio do festival de Veneza, obrigando a organização a fechar a entrada meia-hora antes do início do encontro.

Madonna surgiu com um vestido sóbrio preto, uma peça que parecia pertencer ao guarda-roupa de Wallis Simpson, a mulher que levou Eduardo VIII a abdicar do trono.

Na entrada da sala recebeu uma ovação que se prolongou num intenso aplauso quando o seu nome foi anunciado pela moderadora da conferência.

O seu estatuto de rainha da pop é intocável e não sai beliscado por um filme menos empolgante. No entanto, a qualidade do filme acabou por condicionar uma conferência de imprensa onde a realiadora não se esforçou por elaborar respostas interessantes a perguntas perfeitamente normais.

O que é que a motivou a filmar "W.E."? "Fiquei profunda e completamente arrebatada pelo motivo que levou Edward VIII a desistir do trono, e a renunciar à sua excelente posição de poder por amor."

Oportuno, alguém pergunta se Madonna abdicaria do seu trono de rainha da pop por amor a um homem ou mulher. "Para quê desistir se posso ter os dois... ou mesmo os três...". (Risos e aplausos).

Durante quanto tempo trabalhou neste filme? Madonna concretizou que "o filme foi preparado durante sete sete anos e que escreveu o argumento, em parceria com Alek Keshishian, ao longo de três anos".

Há sempre alguma coisa pessoal nos filmes. Madonna assumiu isso, sem quantificar, acrescentando que a história de "W.E." contém uma lição para os mais ricos e afamados como ela, demonstrando que quem vive num ambiente "charmoso e bonito não tem nenhuma garantia de felicidade".

No final, dezenas de jornalistas acotovelaram-se em frente à mesa onde Madonna estava, tirando um fotografia que serve para provar que estiveram ali, na mesma sala, com um ícone mundial.

por
publicado 12:11 - 02 setembro '11

Recomendamos: Veja mais Artigos de Veneza 2011