O filme sobre a morte do general sem medo
John Ventimiglia/Humberto Delgado e Renata Baptista/Arajaryr Campos, secretária do general (Foto Alfama Films)

Rodagem  

O filme sobre a morte do general sem medo

O CINEMAX acompanhou o final da rodagem do drama histórico sobre o general Humberto Delgado. "Operação Outono" está em pós produção e vai estrear até ao final do ano.

Cinemax Rádio:
Outros Áudios
Reportagem nas rodagens de “Operação Outono”, o filme biográfico sobre o General Humberto Delgado.

A morte de Humberto Delgado às mãos da Pide é ainda hoje um caso que suscita dúvidas e múltiplas opiniões. Uma das teses sobre o que aconteceu é defendida na biografia do general sem medo, escrita pelo neto e adaptada ao cinema por Bruno de Almeida.

Nas palavras de Frederico Delgado, autor do livro, o filme "Operação Outono" é uma bomba que vai apanhar de surpresa muitos portugueses. Um filme para repor a verdade sobre a forma como o general foi morto - de acordo com as investigações realizadas para o livro, Humberto Delgado foi violentamente espancado, e não alvejado, em legítima defesa, como foi defendido em tribunal.

Bruno de Almeida andou três anos a preparar o argumento e garante que não falta rigor aos factos que conta em filme, e todos foram comprovados com documentos oficiais. "Operação Outono" é um thriller político construído como uma espécie de puzzle, mostrando os diversos intervenientes em torno de Humberto Delgado e da operação que o matou. O realizador acrescenta que é um filme sobre o poder, verdades e mentiras.

 

O general Humberto Delgado e a sua secretária Arajaryr Campos (circa 1963).

John Ventimiglia é amigo e actor fetiche de Bruno de Almeida, com quem já trabalhou em outros projectos, e que aceitou interpretar o general Humberto Delgado, dobrado em pós produção por um actor português.

O realizador não teme reacções negativas de um público mais purista, e chega mesmo a dizer que é uma questão nacionalista que hoje em dia já não tem razão de ser. John Ventimiglia tem parenças fisícas para desempenhar o papel e o facto de não ser português serve bem o desempenho de um homem que também parecia deslocado de um tempo, como era o general que tentou vencer Salazar nas eleições de 1958.

A rodagem de "Operação Outono" terminou em Maio, em Lisboa, depois de ter passado pela Argélia, Marrocos, França, Itália e Espanha. O projecto é ambicioso em termos de elenco, Bruno de Almeida destaca que este é um filme de actores, são mais de 50 na história.

Um deles, Nuno Lopes está presente durante uma das visitas que o CINEMAX fez à rodagem. É o homem disfarçado, agente da Pide, encarregue de convencer Humberto Delgado a comparecer a um encontro, que irá ser fatal, e que era afinal uma cilada montada pela polícia do regime.

Ernesto Lopes Ramos é uma figura da história, actualmente advogado a residir no Brasil, mas que Nuno Lopes construiu como se fosse ficçionado, para evitar comparações. Essa iberdade é possível porque o filme é uma história criada a partir de factos reais.

"Operação Outono" é o culminar de um longo trabalho de adaptação e escrita de argumento que demorou três anos, e que por estes dias entra na sala de montagem. O resultado chega aos cinemas no final do ano.

por

Recomendamos: Veja mais Artigos de Cinema Português