O melodrama segundo Claire Denis
Um filme que sabe resistir ao cliché dramático ou moral

Mais CinemaCinema Europeu  

O melodrama segundo Claire Denis

Mais uma vez, com "35 Shots de Rum", a cineasta francesa, (autora de "Trouble Every Day"), propõe uma galeria de retratos de um certo quotidiano francês

Claire Denis (nascida em Paris, em 1948), autora de títulos como "Chocolat" (1988), "Nénette et Boni" (1996) ou "Trouble Every Day" (2001), é uma cineasta que nunca abdicou de explorar uma escrita melodramática especialmente atenta às convulões do quotidiano. Por vezes, há mesmo nos seus filmes uma dimensão social de observação da vida colectiva que transcende qualquer maniqueísmo meramente "sociológico".

Assim volta a acontecer em "35 Shots de Rum", recentemente estreado entre nós. O filme ressente-se de um claro défice de trabalho de argumento, deixando a sensação de ser uma "colagem" de situações cuja lógica global não foi devidamente pensada. Em todo o caso, há nele a capacidade de dar a ver uma galeria de personagens com raízes africanas, sem nunca favorecer o cliché dramático ou moral.

Para além das suas fragilidades, "35 Shots de Rum" é um filme que nos permite perceber que persiste na actual produção francesa uma vontade de realismo que não cede às rotinas de uma outra via de (super)produção mais marcada pela exibição das novas tecnologias e dos seus "efeitos especiais". Só é pena que não vejamos mais títulos significativos de tal tendência.

 

35 SHOTS DE RUM

De Claire Denis
com Alex Descas, Mati Diop, Nicole Dogue
Drama
100m
M/12
ALEMANHA, FRANÇA
2008








por

Recomendamos: Veja mais Artigos de Mais CinemaCinema Europeu