Oscar 10, melhor realizador:Bigelow vs. Cameron

Mais CinemaOscar 2010Mais Cinema  

Oscar 10, melhor realizador:
Bigelow vs. Cameron

O confronto entre James Cameron e Kathryn Bigelow ilustra duas correntes em Hollywood e é uma espécie de David contra Golias.

 

De um lado está um pequeno filme, com orçamento e visibilidade reduzidas, do outro o maior filme de sempre, em receita e custos.

Kathryn Bigelow tem vindo a recolher praticamente todos os prémios disponíveis na temporada que termina com a noite dos Oscars. O mais recente foi em Londres, onde recebeu o BAFTA de realização, entregue pela academia de cinema britânica. Entre os mais importantes, está o prémio do Sindicato de Realizadores, que até este ano, nunca tinha sido atribuído a uma mulher.

De resto, Kathryn Bigelow pertence também a uma reduzida galeria de figuras femininas nomeadas pela academia na categoria de realização, o que só aconteceu quatro vezes. Se vencer, será a primeira mulher a receber um oscar pela realização. Cumpre com distinção o papel de David.

James Cameron é o Golias desta história. É um cineasta megalómano que tem conseguido catapultar os projectos que assina, para uma dimensão global onde poucos conseguem resultados impressionantes.

Na temporada de prémios, tem menos currículo do que a ex-mulher (Kathryn Bigelow), mas tem muito mais prestígio e reconhecimento por parte da indústria. Já recebeu o Globo de Ouro, e é como se costuma dizer, um valor seguro que os estúdios reconhecem como alguém capaz de dinamizar o mercado dos grandes filmes.

FAVORITOS: Kathryn Bigelow (Estado de Guerra) e James Cameron (Avatar)

PALPITE CINEMAX: Katryn Bigelow

SURPRESA: Quentin Tarantino (Sacanas Sem Lei)

FICA PARA OUTRO ANO: Lee Daniels (Precious) e Jason Reitman (Nas Nuvens)

por

Recomendamos: Veja mais Artigos de Mais CinemaOscar 2010Mais Cinema