Óscares 2020: Parasitas faz história na noite de sonho de Bong Joon-Ho

 

Óscares 2020: "Parasitas" faz história na noite de sonho de Bong Joon-Ho

Pela primeira vez, um filme em língua não inglesa ganha o principal Óscar da academia norte-americana.

Noite de sonho para o realizador sul-coreano Bong Joon Ho, que subiu ao palco do Dolby Theater por quatro vezes, para receber os Óscares de melhor argumento original, melhor filme internacional, melhor realizador e, num momento histórico, a estatueta de melhor filme. Pela primeira vez, uma produção em língua não inglesa ganhou esta categoria.

Com quatro Óscares, "Parasitas" acabou por ser o filme com o maior número de vitórias da noite. "1917" venceu três Óscares, melhor fotografia, mistura sonora e efeitos visuais.

Entre os atores, não houve qualquer surpresa. Joaquin Phoenix (Joker) venceu do lado masculino e falou em injustiças e no egoismo humano em mais um denso e sério discurso de aceitação, enquanto Renee Zellweger (Judy) ganhou do lado feminino.

Na ausência de um anfitrião fixo, a produção optou por abrir os Óscares 2020 com um número musical liderado por Janelle Monáe, para logo regressar ao tradicional monólogo humorístico a cargo de dois antigos apresentadores, Steve Martin e Chris Rock. O texto sobrevoou os temas da moda, etnia e diversidade de género e antecedeu a primeira categoria da noite, melhor ator secundário, entregue, como esperado, a Brad Pitt, por "Era Uma Vez em Hollywood".

A rotina de apresentadores, nomeações e anúncio dos vencedores foi interrompida pela intervenção de Maya Rudolph e Kristen Wiig que despacharam com graça e eficácia a entrega das estatuetas para melhor design de produção e guarda-roupa, pela aparição surpresa de Eminem e pela rábula (pouco eficaz) de Will Ferrell e Julia Louis-Dreyfus, encarregados da apresentação dos Óscares para melhor cinematografia e montagem. Destaque ainda de uma noite quase sempre monótona para Tom Hanks, que subiu ao palco para revelar, em primeira mão que o museu da academia norte-americana de cinema irá finalmente abrir a portas a 14 de dezembro.

Lista dos vencedores da 96ª edição dos Óscares:
  • Melhor filme: Parasitas
  • Melhor realizador: Bong Joon Ho (Parasitas)
  • Melhor ator: Joaquin Phoenix (Joker)
  • Melhor atriz: Renee Zellweger (Judy)
  • Melhor ator secundário: Brad Pitt (Era Uma Vez em Hollywood)
  • Melhor atriz secundária: Laura Dern (Marriage Story)
  • Melhor argumento original: Bong Joon Ho e Han Jin Won (Parasitas)
  • Melhor argumento adaptado: Taika Waititi (Jojo Rabbit)
  • Melhor filme de animação: Toy Story 4
  • Melhor filme internacional: Parasitas (Coreia do Sul)
  • Melhor documentário: American Factory (Steven Bognar, Julia Reichert e Jeff Reichert)
  • Melhor fotografia: 1917 (Roger Deakins)
  • Melhor guarda-roupa: Mulherzinhas (Jacqueline Durran)
  • Melhor montagem: Le Mans '66: O Duelo (Michael McCusker e Andrew Buckland)
  • Melhor maquilhagem e cabelo: Bombshell (Kazu Hiro, Anne Morgan e Vivian Baker)
  • Melhor banda sonora original: Joker (Hildur Guðnadóttir)
  • Melhor canção original: "(I'm Gonna) Love Me Again" (Rocketman)
  • Melhor design de produção: Era Uma Vez em Hollywood (Barbara Ling e Nancy Haigh)
  • Melhor montagem sonora: Le Mans '66: O Duelo (Donald Sylvester)
  • Melhor mistura sonora: 1917 (Mark Taylor e Stuart Wilson)
  • Melhores efeitos visuais: 1917 (Guillaume Rocheron, Greg Butler e Dominic Tuohy)
  • Melhor documentário em curta-metragem: Learning to Skateboard in a War Zone If You're a Girl (Carol Dysinger e Elena Andreicheva)
  • Melhor curta-metragem em animação: Hair Love (Matthew A. Cherry e Karen Rupert Toliver)
  • Melhor curta-metragem: The Neighbor's Window (Marshall Curry)

por

Recomendamos: Veja mais Artigos de