Patti Smith: música, poesia,documentário e ficção
A criadora de "Horses" num filme capaz de combinar
"documento" e "ficção"

Mais CinemaCinema Norte-americano  

Patti Smith: música, poesia,
documentário e ficção

Filmado por Steven Sebring ao longo de dez anos, este é um retrato íntimo de uma das lendas vivas do rock made in USA

 

"Patti Smith: Dream of Life", documentário íntimo sobre uma das lendas vivas do rock made in USA, é um filme invulgar. Mas talvez seja importante começar por referir que nos chega num conjuntura também ela pouco comum: assim, na mesma semana, tivemos a estreia de dois títulos documentais (sendo o outro "Homem no Arame", recentemente distinguido com o Óscar na respectiva categoria).

No caso de "Patti Smith", estamos muito longe do dispositivo voyeur que as regras dominantes impõem sempre que se trata de passar para além dos rituais públicos de uma figura do mundo artístico. Steven Sebring, o realizador, foi filmando a criadora de "Horses" (1975) e "Radio Ethiopia" (1976), não exactamente como quem faz uma "reportagem", mas mais para contemplar/motivar situações em que ela se expõe como personagem central do seu próprio trabalho musical e poético.

Daí que "Patti Smith: Dream of Life" (o título integra a referência a um álbum de 1988) seja, por vezes, um quase home movie, noutras transfigurando-se em verdadeira performance sobre o labor artístico e o poder específico da palavra poética.

O filme deixa-nos, afinal, uma renovada certeza: a de que a actual vitalidade do género documental está muito longe de se reduzir a um mero efeito "informativo". Em boa verdade, reagindo contra muitos clichés de raiz televisiva, o documentário (cinematográfico, justamente) mantém uma relação viva e criativa com o desejo de ficção — na certeza de que a verdade existencial de cada ser se desenha sempre, algures, numa paisagem ambígua em que todas as componentes estéticas podem encontrar condições para a sua expressão. E também para as suas peculiares emoções.

 

PATTI SMITH: DREAM OF LIFE


De Steven Sebring com Patti Smith, Jay Dee, Daugherty Flea; Documentário; 109m; M/12/EUA; 2008

                                                                

 Ouça a crítica de João Lopes

 

por

Recomendamos: Veja mais Artigos de Mais CinemaCinema Norte-americano