Paulo Branco homenageado pela Cinemateca Francesa

Cinema Português  

Paulo Branco homenageado pela Cinemateca Francesa

Será a segunda vez que o produtor é homenageado por uma das mais importantes e prestigiadas cinematecas mundiais.

A Cinemateca Francesa irá prestar homenagem ao produtor Paulo Branco de 10 a 21 de fevereiro de 2021. Será a segunda vez que aquela Cinemateca presta tributo ao produtor português, depois de em 1992 lhe ter dedicado a homenagem intitulada “Bravo Branco”.

Paulo Branco torna-se assim o primeiro produtor independente a ser homenageado duas vezes por aquela que é uma das mais importantes e prestigiadas cinematecas do mundo.

O evento faz parte da programação da temporada 2020-21, hoje apresentada. Terá lugar ao longo de duas semanas durante as quais serão exibidos certa de 30 filmes. Branco estará presente.

Na documentação fornecida consta um texto que qualifica o português como "inspirado" e "audacioso", lembrando que Paulo Branco iniciou a carreira no cinema em Paris, na década de 70, como programador e exibidor.

Desde então produziu filmes de realizadores desde os portugueses Manoel de Oliveira, Pedro Costa, ou João César Monteiro, passando pelo chileno Raúl Ruiz e pelo lituano Sharunas Bartas.

Produziu também filmes importantes de Chantal Akerman e Werner Schroeter e as obras iniciais de cineastas franceses como Olivier Assayas, Christophe Honoré, Laurence Ferreira Barbosa, Valeria Bruni-Tedeschi ou Mathieu Amalric.

por

Recomendamos: Veja mais Artigos de Cinema Português