Piratas abre com melhor resultado do ano
Johnny Depp continua a liderar os "Piratas das Caraíbas" numa série de excelentes resultados.

Box OfficeBox Office fim-de-semana  

"Piratas" abre com melhor resultado do ano

Box Office do fim-de-semana nos EUA (20 a 22 de Maio 2011)

Artigo recomendado:
Piratas abre com melhor resultado do ano
Box Office
"Piratas das Caraíbas" arrasam Box Office do fim-de-semana em Portugal (19 a 22 de Maio)

Boa entrada para o novo "Piratas das Caraíbas: Por Estranhas Marés", sobretudo nos mercados internacionais.

Na América do Norte, continua a ser interessante observar como alguns analistas passaram rapidamente de um discurso cinzento para um estado de euforia. Pela nossa parte, preferimos uma lenta descida à terra e a análise detalhada dos números dos primeiros fins-de-semana da série:



Título Data de Estreia Receita no 1º fim-de-semana Receita corrigida para preços actuais
Piratas das Caraíbas: O Cofre do Homem Morto 7-Jul-06 $135.634.554 $151.315.110
Piratas das Caraíbas: Nos Confins do Mundo 25-Mai-07 $114.732.820 $124.452.070
Piratas das Caraíbas: Por Estranhas Marés 20-Mai-11 $90.100.000 $90.100.000
Piratas das Caraíbas: A Maldição da Pérola Negra 9-Jul-03 $46.630.690 $56.997.780

Não é difícil ver que "Por Estranhas Marés"  bateu apenas o primeiro filme da série. "A Maldição da Pérola Negra" estreou em 2003, num fim-de-semana longo de cinco dias.  Esse facto diluiu o resultado do fim-de-semana tradicional - os 46,6 milhões entre sexta e domingo acabaram por lançar o filme para 71 milhões nos primeiros cinco dias de exibição.

A diferença de resultados entre o novo "Por Estranhas Marés" e os filmes de 2006 e 2007 torna-se mais importante quando sabemos que, desta vez, parte significativa das receitas veio das sessões em 3-D, com preços mais elevados. Dizemos uma parte significativa, mas não a maior parte porque, na verdade, o 3-D foi menos relevante do que seria de esperar. Sinais de cansaço por parte do público em relação à novidade tecnológica? Consequência da falta de dinheiro? Provavelmente, ambas.

Apesar de tudo, existe um lado positivo neste resultado: representa o melhor primeiro fim-de-semana do ano - bate os 86 milhões de "Velocidade Furiosa 5" - e, acima de tudo, é o melhor lançamento internacional de sempre com 256,3 milhões de dólares, melhor do que, "Harry Potter e o Príncipe Misterioso" que somou 236 milhões nos primeiros cinco dias, em 2009. Outro valente empurrão à ideia que temos vindo a repetir aqui: Hollywood deve dar cada vez mais atenção aos mercados do lado de lá das fronteiras americanas. Pode custar a entranhar em alguma imprensa e certamente em alguns produtores e realizadores, mas a verdade é que o dinheiro anda por outras latitudes.

A dar nas vistas estiveram os 28,6 milhões da Rússia, com Moscovo a passar a fazer parte do circuito internacional de promoção e direito a visita do realizador e das estrelas do filme (ainda há poucos anos ninguém queria sequer ouvir falar em viagens à fria capital do antigo império soviético). Para que possam ter uma ideia de como este mercado cresceu: foi a maior estreia de sempre naquele país e já ultrapassou a receita final dos filmes anteriores! Precisamente o mesmo que se passou na China, segundo melhor territorio a nível internacional com 20 milhões de dólares. A seguir aparece um trio mais habitual, Reino Unido com 19,5 milhões de dólares, Alemanha com 19,4 milhões e Japão com 18,2 milhões. Um terceiro pelotão é liderado pela França (14,8 milhões), Coreia do Sul (12 milhões), Itália (11,5 milhões), Austrália (10,3 milhões), Espanha (10 milhões), México (9,8 milhões) e Brasil (6,1 milhões).

Todos os valores somados dão um total de 346,4 milhões de dólares (ou, se preferirem, 247,2 milhões de Euros). É a maior receita alguma vez registada a nível mundial nos primeiros dias de exibição, embora seja um abusivo anunciar um recorde dada a diferença nas estratégias e datas de estreia de cada filme.

Apesar da importância da aventura com Johnny Depp e Penelope Cruz, o fim-de-semana teve outro motivo de interesse. No meio do alarido causado pelos "Piratas" a comédia "A Melhor Despedida de Solteira" lá conseguiu um segundo fim-de-semana interessante com uma quebra de apenas 20%. Ou seja, funcionou na perfeição como contra-programação ao blockbuster de Jerry Bruckheimer.


BOX OFFICE
  Título Distribuidor Receita do fim-de-semana ($) Variação (%) # de Cópias Média por cópia ($) Receita Acumulada ($) Semana
1 - Piratas das Caraíbas: Por Estranhas Marés Buena Vista $90,100,000  4.155 $21,685  $90,100,000  1
2 2 A Melhor Despedida de Solteira Universal $21,058,000  -19.8%  2.937 $7,170  $59,518,000  2
3 1 Thor  Paramount $15,500,000  -55.3%  3.924 $3,950  $145,406,000  3
4 3 Velocidade Furiosa 5 Universal $10,631,000  -48.0%  3.622 $2,935  $186,219,000  4
5 5 Rio  Fox  $4,650,000  -43.8%  2.593 $1,793  $131,647,000  6

por
publicado 14:09 - 23 maio '11

Recomendamos: Veja mais Artigos de Box OfficeBox Office fim-de-semana