Programa de curtas-metragens Les Nuits en Or no cinema São Jorge em Lisboa

Curta-metragem  

Programa de curtas-metragens "Les Nuits en Or" no cinema São Jorge em Lisboa

Entre os cerca de trinta filmes selecionados, está "Moço", do realizador português Bernardo Lopes.

Mais de trinta curtas-metragens premiadas em todo o mundo vão ser exibidas na próxima semana no cinema São Jorge, em Lisboa, no programa "Les Nuits en Or", revelou a Academia Portuguesa de Cinema.

A iniciativa anual da Academia Francesa de Cinema destina-se a mostrar alguns dos filmes premiados por academias de outros países.

Exibido em itinerância em várias cidades europeias, como Paris, Madrid, Bruxelas e Atenas, chega a Lisboa s 7 e 8 de julho, com exibição no cinema São Jorge.

Segundo a Academia Portuguesa de Cinema, ao todo são 34 filmes premiados, de 35 realizadores, de 32 países, escolhidos por mais de trinta academias de cinema de todo o mundo.

O "Les Nuits en Or" pretende ser "uma divulgação da cinematografia mundial diversa, com a descoberta de novos cineastas e um intercâmbio entre culturas", reforça a academia.

Entre as curtas a exibir está "Moço", de Bernardo Lopes, que venceu dois prémios da Academia Portuguesa de Cinema em 2021: o prémio Sophia de melhor curta-metragem de ficção e o prémio Nico, de revelação. O filme de Bernardo Lopes, sobre um rapaz que decide não voltar a casa, a braços com a infidelidade da mãe e a ausência do pai, foi rodado no Algarve e produzido pela Fado Filmes e a Promenade, sendo protagonizado pelo ator Tomás Andrade.

"The Windshield Wiper", de Alberto Mielgo e Leo Sanchez, premiado nos Óscares, "Mama", de Pablo de la China, distinguido com o Goya de melhor curta documental, "Filhas de Lavadeiras", de Edileuza Penha, Grande Prémio do Cinema Brasileiro, em 2021, e "Bullmastiff", de Anastasiya Bukovska, eleito a melhor curta-metragem pela Academia de Cinema Ucraniana, estão entre as obras escolhidas.

por

Recomendamos: Veja mais Artigos de Curta-metragem