Quatro Noites com Anna:- um regresso em forma
Jerzy Skolimowski (n.1938) durante as rodagens de "Quatro Noites com Anna"

Mais CinemaMais CinemaMais CinemaMais CinemaCinema Europeu  

"Quatro Noites com Anna":
- um regresso em forma

Esteve afastado do cinema vários anos, e foi bem sucedido a pintar. Agora retoma a vontade de ser artista e de fazer filmes.

Jerzy Skolimowski foi uma promessa do cinema de leste, vencedor do Urso de Ouro do Festival de Berlim em 1967, com o filme "Le Départ".

Mas há 17 anos zangou-se com o cinema e com o rumo que havia traçado, estava demasiado próximo dos interesses comerciais e pouco comprometido com a arte. Parou de filmar e começou a pintar.

Uma história de vida que contou há dias, quando esteve no Estoril Film Festival para apresentar "Quatro noites com Anna", o filme em que se reconcilia com o cinema.

No regresso à sétima arte, traz a pintura em pano de fundo, na composição de planos, nas cores e na forma como privilegia a imagem em detrimento do texto.

Skolimowski regressou em forma, pela mão do produtor Paulo Branco, com a história de uma obsessão. A personagem principal Leon é um homem solitário que ultrapassa todos os obstáculos para poder estar perto de Anna. Perde a noção do limite, invade o espaço daquela mulher, apenas para poder cuidar e proteger.

Leon tem um segredo, mostrado ao público, sabemos que está em falta, mas que é ao mesmo tempo inocente.

Podemos julgá-lo?

por

Recomendamos: Veja mais Artigos de Mais CinemaMais CinemaMais CinemaMais CinemaCinema Europeu