Quinta edição da Mostra Internacional de Cinema Anti-Racista na primeira semana de outubro

Mais Cinema  

Quinta edição da Mostra Internacional de Cinema Anti-Racista na primeira semana de outubro

Organizada pelo SOS Racismo, a mostra de cinema decorre de 4 a 7 de outubro, no Teatro Municipal Rivoli, no Porto.

A quinta edição do MICAR - Mostra Internacional de Cinema Anti-Racista compromete-se, na edição 2018, a dar voz e imagem às Minorias. De 4 a 7 de Outubro, no Teatro Municipal do Porto, dedicará o primeiro dia a sessões de cinema para o público infanto-juvenil, complementadas por uma proposta de exploração aos temas apresentados, destacando-se a exibição dos filmes "Sou Cigano" (adaptação para tela do livro escrito pelo ativista Bruno Gonçalves, realizada pelo feita pelo coletivo Palmo e Meio, Ícaro e Tânia Duarte) e "Sog", uma história de peixes que ficam aprisionados em troncos de velhas árvores durante uma inundação, e que funciona como espelho das histórias atuais de refugiados que, procurando auxílio europeu, se deparam com o violento muro da xenofobia.

Seguem-se três dias sessões e debates, que contarão com a presença de alguns realizadores e outros convidados, com destaque para a estreia em Portugal, a 5 de outubro, do filme "Roadmap do Apartheid" (2012), de Ana Nogueira e Eron Davidson, um documentário que compara o regime do apartheid sul-africano ao regime segregacionista imposto por Israel ao povo da Palestina.

A 6 de outubro, estreia a curta-metragem "Dignidade" (2018), de Catarina Príncipe e Pedro Rodrigues, um documentário sobre as condições em que vivem várias famílias ciganas no Conjunto Habitacional da Marinha desde 1984, e a exibição de "Mikambaru", de Vanessa Fernandes, e "Nós Terra", de Anna Tica, Nuno Pedroso e Toni Polo, dois filmes que focam a diáspora africana pós-colonialista e os problemas diários que os afrodescendentes enfrentam em Portugal, sessões que vão contar com a presença das realizadoras para um debate.

Realce ainda para a exibição, a 7 de outubro, de "Human Flow", o documentário realizado pelo ativista chinês Ai Weiwei sobre os atuais movimentos migratórios, que contará com a presença de Senka Neuman-Stanivukovic para comentar o filme.

Da programação fazem também parte algumas visitas aos clássicos com projeções de "12 Angry Men", de Sidney Lumet, e "Vénus Negra", de Abdellatif Kechiche.

Esta quinta edição reúne ainda vários filmes premiados ("Sami Blood", de Amanda Kernell e "Charlie’s Country", de Rolf de Heer) e nunca exibidos nas salas de cinema portuguesas ("Golden Dawn Girls", de Håvard Bustnes, e o recente "Genesis", de Árpád Bogdán).

A entrada para todos filmes é gratuita, embora sujeita a levantamento prévio de bilhetes junto da bilheteria do Teatro Municipal.

Durante a MICAR 2018 será ainda possível visitar, no Teatro Municipal do Porto, o projeto “Colours of a Jorney”, uma exposição de dezenas de desenhos elaborados por menores refugiados entre os 6 aos 18 anos, sobre a forma como vêem o mundo.

A edição 2018 da MICAR será apresentada numa festa que decorrerá a 28 de setembro, no Salão dos Bombeiros Voluntários do Porto, com início previsto para as 22h00.

por

Recomendamos: Veja mais Artigos de Mais Cinema