Rafa, de João Salaviza, ganha Urso de Ouro

Cinema Português  

"Rafa", de João Salaviza, ganha Urso de Ouro

Filme português recebe prémio máximo na competição de curta-metragens. Miguel Gomes consta do palmarés final com prémio de inovação.

Artigo recomendado:
Rafa, de João Salaviza, ganha Urso de Ouro
Cinema Português
"Tabu" ganha prémio da crítica em Berlim Filme de Miguel Gomes confirma boa recepção na Berlinale.

João Salaviza afirmou estar "muito surpreendido e que teria preparado um discurso bonito se soubesse que ia ganhar". No seu agradecimento, disse ainda que dedicaria o prémio ao governo português, "mas só na condição de nos ajudarem nos próximos anos, porque não sabemos o que vai acontecer com o nosso cinema".

No discurso de improviso, João Salaviza destacou ainda o trabalho do protagonista do filme, Rodrigo Perdigão:"Ele fez mais do que eu pelo filme", mas não pode estar presente em Berlim. O júri formado, pela atriz palestiniana Emily Jacir, pelo cineasta irlandês David Oreilly e pela atriz alemã Sandra Hueller, destacou a "impressionante representação" de Rodrigo Perdigão, "no papel de um jovem a caminho de se tornar adulto".

A curta-metragem de João Salaviza, um dos 27 trabalhos a concurso, é sobre Rafa, um miúdo de 13 anos preocupado com a mãe, detida numa esquadra da polícia por conduzir sem carta. 

RAFA teaser 01 from João Salaviza on Vimeo

João Salaviza repete em Berlim a consagração máxima obtida no festival de Cannes, onde ganhou a Palma de Ouro de curta-metragem, com "Arena", o seu filme de estreia. "Rafa" foi desenvolvido nessa altura, aquado o prémio obtido em Cannes. Este filme "aborda as mesmas questões de "Arena": Uma certa dificuldade de o indivíduo existir dentro de uma coisa mais abrangente que é a sociedade".

Em ambos há "um desejo dos protagonistas de inserção numa sociedade e foca-se no desencontro entre indivíduos e instituições", explicou João Salaviza em declarações à Lusa.

Miguel Gomes surge no palmarés oficial"Tabu", de Miguel Gomes, ganhou o Prémio Alfred Bauer do Festival de Cinema de Berlim, galardão que distingue o caráter inovador do filme, anunciou hoje o júri do certame, na gala de atribuição dos prémios.

Em breve agradecimento, o realizador afirmou-se "um pouco confuso por receber um prémio de inovação, porque julgava que tinha feito um filme antiquado mas, se calhar, a confusão foi minha".

O filme de Miguel Gomes já tinha vencido na sexta-feira o prémio FIPRESCI (Federação Internacional da Imprensa Cinematográfica), atribuído à margem do festival por um júri formado por críticos de cinema.

"Tabu", que deverá ter estreia em Portugal em abril, conta no elenco com Ana Moreira, Carloto Cotta e Teresa Madrugada. Miguel Gomes conta, em flashback e a preto e branco, a história de Aurora.A primeira parte do filme, intitulada "Paraíso Perdido", é passada em Lisboa, relata uma vida banal de três personagens, a idosa Aurora (Laura Soveral), a sua empregada africana, Santa (Isabel Cardoso) e Pilar (Teresa Madruga), uma vizinha empenhada em causas sociais, e termina com a morte de Aurora.

Na segunda parte, que dá pelo nome de "Paraíso", vemos então a jovem Aurora (Ana Moreira), filha de um colono português em África, dona de uma fazenda, mulher casada que trai o marido com o baterista de uma banda, cometer um assassínio, no auge da tragédia amorosa.

Durante esta segunda parte, os atores não falam, ouvindo-se apenas o narrador e a banda sonora, em jeito de homenagem de Miguel Gomes ao cinema mudo, principalmente a um dos seus grandes mestres, o alemão Friedrich Wilhelm Murnau.

TABU#01 from o som e a fúria on Vimeo

O Urso de Ouro do festival de Berlim foi para "Cesare Deve Morire" dos irmãos Paolo e Vittorio Taviani e o Urso de Prata - Prémio Especial do Júri distinguiu "Csak a szél", de Bence Fliegauf. O troféu de melhor realizador foi para Christian Petzold por "Barbara", o de melhor ator para Mikkel Boe Følsgaard por "En Kongelig Affære", e o de melhor atriz premiou Rachel Mwanza "Rebelle".

  • Rafa, de João Salaviza, ganha Urso de Ouro
    Cinema Português
    Rafa, um rapaz em Lisboa
    Um adolescente atravessa o rio de Almada para Lisboa, à procura da mãe que está à guarda da polícia. Rafa é o novo herói de uma ...
por

Recomendamos: Veja mais Artigos de Cinema Português