Rafa, um rapaz em Lisboa
Rodrigo Perdigão numa cena de "Rafa" (Fotografia: Tjaša Kalkan)

RodagemCinema Português  

Rafa, um rapaz em Lisboa

Um adolescente atravessa o rio de Almada para Lisboa, à procura da mãe que está à guarda da polícia. Rafa é o novo herói de uma curta-metragem João Salavisa, o realizador que recebeu uma palma de Ouro no festival de Cannes.

Cinemax Rádio:
Outros Áudios
Rodagem "Rafa"

Passaram mais de dois anos desde a estreia de João Salavisa no cinema, consagrada com a palma de ouro para melhor curta-metragem no maior festival de cinema do mundo.

"Arena' foi um primeiro passo para chegar no caminho para longa-metragem, mas não há pressas, como diz o realizador que terminou este Verão mais uma curta. Chama-se "Rafa" tal como o herói adolescente da história, interpretado por Rodrigo Perdigão, um jovem que foi escolhido pela equipa durante as festas dos santos populares.

João Salavisa não teve dúvidas na escolha. Diz que Rodrigo tem algo de menino homem que era ideal para o papel. Com 14 anos, e também residente em Almada, tal como a personagem do filme, Rodrigo está rendido ao que não ousaria sequer sonhar: "achei que já tinham bebido demais quando me convidaram para fazer um filme", confessou abertamente.

Nos primeiros momentos sentiu-se perdido, valeu a ajuda de Joana de Verona, com quem teve oportunidade de contracenar e que interpreta o papel de irmã do Rafa. Para o jovem estreante frente às câmaras este foi um Verão diferente por ter tido a possibilidade de perceber como funciona por dentro o que só conhece por fora, nas salas de cinema.

Admite que é um mundo que gostaria de descobrir melhor, mas tem a lição bem estudada sobre o futuro ao dizer que prefere não fazer grandes planos para o cinema, porque este pode ter sido um caso único.

Pelo contrário, o realizador João Salavisa já tem quatro curtas-metragens, onde aproveita para experimentar. O formato pequeno é uma ferramenta para ultrapassar alguns receios, antes de se lançar numa longa-metragem.

No caso de "Rafa" quis filmar lugares conhecidos de Lisboa, como a Praça do Comércio, ou as ruas da baixa. Fazem parte do roteiro de "Rafa" que anda perdido à procura da mãe. São sítios fáceis de reconhecer para o público, por isso mesmo desafios nas mãos do realizador.

Agora que a rodagem terminou, João salavisa começa outra epopeia, a da montagem do filme, onde tudo é repensado e recriado. O realizador conta estar despachado até ao final do ano e depois disso colocar o filme no circuito dos festivais. 

por
publicado 02:54 - 04 agosto '11

Recomendamos: Veja mais Artigos de RodagemCinema Português