Reeencontro com o cinemade Paul Schrader
"Adam Renascido": um jogo dramático entre
o presente e as memórias

Mais CinemaCinema Norte-americano  

Reeencontro com o cinema
de Paul Schrader

Está de volta o cineasta de "American Gigolo" e "Mishima" — desta vez, Paul Schrader não foi directamente para DVD

Baseado num romance de Yoram Kaniuk, "Adam Renascido" é um filme que nos remete para as memórias do Holocausto através de uma perturbante variação temporal (além do mais, muito pouco frequente no cinema) — desta vez, a acção situa-se no começo da década de 60 e o seu cenário principal é uma instituição que acolhe sobreviventes dos campos de concentração.

Estamos perante uma viagem ao cerne da memória judaica: como viver com as memórias do horror e, mais do que isso, como não ser sugado por elas?

Para Paul Schrader — cineasta de "American Gigolo" e "Mishima", argumentista de "Taxi Driver" —, trata-se de relançar a questão básica da identidade: quais os sentidos, e também os limites, do factor humano?

Daí que o essencial se jogue entre Adam Stein, o sobrevivente, e o comandante Klein que o humilhou para além de todo o imaginável (Klein surge em vários flashbacks que vão pontuando a acção). Os respectivos intérpretes, Jeff Goldblum e Willem Dafoe, conseguem essa proeza que é representar os limites da própria condição humana sem a esgotarem em padrões maniqueístas ou moralistas.

Além do mais, a estreia de "Adam Renascido" representa o regresso de Schrader ao mercado das salas, ele que tem sido esquecido pela distribuição portuguesa ou, então, "empurrado" directamente para o DVD. A esse propósito, vale a pena recordar que um dos seus títulos que, entre nós, apenas existe em DVD é uma crónica assombrada sobre os primórdios das câmaras de video na televisão — chama-se "Auto Focus", tem data de produção de 2002 e Greg Kinnnear e Wiilem Dafoe nos principaís papéis.





ADAM RENASCIDO

De
Paul Schrader com Jeff Goldblum, Willem Dafoe, Vasile Albinet; Drama, Guerra; 106m; M/16; ALE, EUA, 2008


Ouça a crítica de João Lopes


por

Recomendamos: Veja mais Artigos de Mais CinemaCinema Norte-americano