Salas de cinema regressam lentamente à vida

Box Office  

Salas de cinema regressam lentamente à vida

Ainda a conta-gotas, começam a ser reveladas as datas de reabertura das salas de cinema. Medeia, NOS e a Cinemateca Portuguesa regressam à atividade a 19 de abril.

A Medeia Filmes foi a primeira a manifestar intenções de aproveitar a hipótese de reabrir portas desde o primeiro momento. Inicia a 19 de abril o ciclo dedicado ao cineasta Joseph Losey, com a exibição de cinco longas-metragens em cópias novas, restauradas digitalmente. Logo a seguir, a 22 de abril, estreia "O Começo", da realizadora georgiana Déa Kulumbegashvili, filme vencedor do último festival de San Sebastián.

Também a Cinemateca Portuguesa, regressa às sessões na sala Félix Ribeiro, em Lisboa, a 19 de abril. A reabertura será feita por fases, de acordo com os horários de funcionamento autorizados e dependente dos contactos internacionais para a organização dos diferentes ciclos. Até 30 de abril, serão apresentadas duas sessões diárias nas tardes de segunda a sexta-feira e uma sessão ao sábado de manhã. A partir de 3 de maio, retoma a programação antes prevista e interrompida pelo confinamento, com a conclusão do ciclo "Clássicos do Cinema Coreano" e o arranque do ciclo "Os Mares da Europa", organizado por ocasião da Presidência Portuguesa do Conselho da UE.

Por fim, a NOS, apesar de ainda não ter comunicado oficialmente a reabertura, já tem programado "Mortal Kombat", para arrancar na segunda-feira, 19 de abril. Logo depois, na quinta-feira, dia habitual para as estreias de filmes, estão agendados, entre outros, "Nomadland - Sobreviver na América" e "Raya e o Último Dragão".

Os cinemas encerraram pela segunda vez durante a pandemia em janeiro de 2021, no cumprimento das regras nacionais de confinamento decretadas pelo governo português.

Em 2020, o setor da exibição e distribuição cinematográfica registou quebras de faturação na ordem dos 75%.

por
publicado 10:36 - 17 março '21

Recomendamos: Veja mais Artigos de Box Office