San Sebástian com Christophe Honoré, Manuel Abramovich e Hong Sang-soo
"Le Lycéen", de Christophe Honoré, será um dos filmes a concurso em San Sebastián.

Festival  

San Sebástian com Christophe Honoré, Manuel Abramovich e Hong Sang-soo

O festival que decorre em setembro apresentou hoje a seleção oficial.

Artigo recomendado:
San Sebástian com Christophe Honoré, Manuel Abramovich e Hong Sang-soo
Cinema Português
Marco Martins na seleção oficial de San Sebastián O realizador português apresenta "Great Yarmouth-Provisional Figures", filmado e ambientado na Grã-Bretanha.

Manuel Abramovich, Christophe Honoré, Sebastián Lelio, Diego Lerman, Marco Martins, Laura Mora, Frelle Petersen, Hong Sang-soo, Ulrich Seidl e Petr Václav irão competir pela Concha de Ouro no 70º Festival de San Sebastian, que terá lugar de 16 a 24 de Setembro, anunciou hoje a organização. A selecção oficial acolherá ainda as estreias de novas obras de Genki Kawamura e Marian Mathias.

O argentino Manuel Abramovich irá competir com a sua quarta longa-metragem, "Pornomelancolía", retrato de um influenciador sexual.

Depois de "La belle personne" (2008) e "Non ma fille, tu n'iras pas danser" (2009) Christophe Honoré irá competir novamente no festival espanhol com "Le Lycéen", sobre um adolescente em crise após a morte do pai. O elenco inclui Paul Kircher, Vincent Lacoste e Juliette Binoche.

Genki Kawamura, produtor de títulos chave na animação contemporânea japonesa faz a estreia como realizador de acção ao vivo com "Hyakka", sobre uma mulher com doença de Alzheimer.

Sebastián Lelio, estreia na Selecção Oficial "A Maravilha", ambientada em meados do século XIX numa aldeia irlandesa onde se diz que uma rapariga sobreviveu sem comida durante meses. O elenco, baseado no romance de Emma Donoghue, inclui Florence Pugh, Ciarán Hinds, Tom Burke, Toby Jones, Elaine Cassidy e Niamh Algar.~

O português Marco Martins, apresenta "Great Yarmouth, Provisional Figures", um história de imigração passada nos matadouros de Norfolk.

Depois de duas incursões em Horizontes Latinos e depois de ganhar o Prémio do Júri para Melhor Argumento para "Una especie de familia" (2017), Diego Lerman regressa ao concurso com "El suplente", que segue as aventuras de um professor nos subúrbios de Buenos Aires.

A estreante norte-americana Marian Mathias apresenta "Runner", que trata do encontro de dois jovens no Midwest americano.

A colombiana Laura Mora, que ganhou, entre outras distinções, uma menção especial na secção Novos Realizadores e o Prémio da Juventude com "Matar a Jesús" regressa a San Sebastián com a segunda longa-metragem, "Los reyes del mundo", um conto subversivo e fantástico protagonizado por cinco meninos de rua de Medellín.

Frelle Petersen, cineasta dinamarquês, compete com "Resten af livet", retrato complexo e animado de uma família de luto pela perda do filho e irmão mais velho.

Hong Sang-soo traz "Top", história dos encontros de um cineasta de meia-idade com pessoas diferentes. Esta será a segunda participação do cineasta sul-coreano na Selecção Oficial, onde já ganhou a Concha de Prata para Melhor Realizador em 2016.

O austríaco Ulrich Seidl, que teve alguns dos seus trabalhos anteriores exibidos em retrospectiva no festival, estreia "Sparta", que completa o díptico iniciado com "Rimini" (2022), estreado na última Berlinale. O personagem central é o irmão do cantor falhado que desempenhou o papel principal no filme anterior.

Petr Václav também regressará a San Sebastian para se estrear na selecção oficial. A sua nova longa-metragem, "Il Boemo", é um drama biográfico centrado em Josef Myslivecek, um dos compositores mais prolíficos da ópera italiana na década de 1770.

Estes títulos juntam-se aos quatro filmes de produção espanhola anunciados há alguns dias: "La consagración de la primavera", de Fernando Franco; "Suro", de Mikel Gurrea; "La maternal", de Pilar Palomero, e "Girasoles silvestres", de Jaime Rosales.

"Modelo 77", de Alberto Rodríguez, abrirá o Festival fora de competição.

por

Recomendamos: Veja mais Artigos de Festival