Segunda Juventude

Mais CinemaCinema PortuguêsManoel de OliveiraMais Cinema  

Segunda Juventude

4º capítulo: O GOSTO DO TEATRO




Episódio 16 - 10 Nov.

Filmes: "Benilde ou a Virgem Mãe" | "Acto da Primavera" | " O Passado e o Presente" | "O Meu Caso" | "Vou Para Casa"
Depoimento: Jerónimo de Sousa, Secretário-geral do PCP

Por vezes, há filmes tão radicais que acabam rejeitados pelo próprio tempo em que surgem. Quando apareceu "Benilde ou a Virgem", aconteceu algo desse género. Estávamos em 1975 e Portugal vivia as atribulações do complexo processo de transformação política e social gerado pelo 25 de Abril de 1974.

Episódio 17 - 11 Nov.

Filmes: "Benilde ou a Virgem Mãe" | "O Meu Caso" | "O Quinto Império"
Depoimento: João Fernandes, Director do Museu de Serralves

A relação cúmplice de Manoel de Oliveira com José Régio existe no plano criativo e geracional. Por três vezes, o cineasta adaptou obras do escritor: em 1975, com "Benilde ou a Virgem Mãe"; em 1986, com "O Meu Caso"; finalmente, 2004, com "O Quinto Império",

Episódio 18 - 12 Nov.

Filmes: "Benilde ou a Virgem Mãe" | "Douro Faina Fluvial" | "Acto da Primavera" | "Porto da Minha Infância"
Depoimento: Raquel Freire, realizadora

O fascínio de Manoel de Oliveira pelo teatro nasce de uma espécie de crença absoluta. Para ele, o teatro envolve a verdade física da presença dos objectos e dos corpos - o cinema pode registar tudo isso, mas ao fazê-lo entra no domínio do imaterial e do artificial.

Episódio 19 - 13 Nov.

Filmes: "Benilde ou a Virgem Mãe" | "Douro, Faina Fluvial"
Depoimento: Fernando Meirelles, realizador

Quando filma a cidade do Porto, Manoel de Oliveira constrói uma espécie de teatro interior. A sugestão não é formalista, mas plenamente emocional - trata-se de filmar as cenas sociais como capítulos da própria biografia pessoal.

Episódio 20 - 14 Nov.

Filmes: "Benilde ou a Virgem Mãe" | "Porto da Minha Infância" | "O Passado e o Presente"
Depoimento: Jaime Gama, presidente da Assembleia da Republica

A relação que Manoel de Oliveira estabelece entre o cinema e o teatro é simultaneamente nostálgica e moderna. Filmes como "O Passado e o Presente", a partir de uma peça de Vicente Sanches, ou "Benilde ou a Virgem Mãe", inspirado em José Régio, são exemplos modelares - mais do que adaptações de peças teatrais, são filmes que colocam a pergunta: onde acaba o teatro e começa o cinema?

por
publicado 17:41 - 29 janeiro '09

Recomendamos: Veja mais Artigos de Mais CinemaCinema PortuguêsManoel de OliveiraMais Cinema