Seleção Oficial 2013: filmes em competição

Cannes 2013  

Seleção Oficial 2013: filmes em competição

Eis a seleção de 20 filmes candidatos à Palma de Ouro da 66ª edição do Festival de Cannes.

FICHA TÉCNICA  CARTAZ  SINOPSE ANTECEDENTES

Título: BEHIND THE CANDELABRA

Realizador: Steven SODERBERGH

Elenco: Michael Douglas, Matt Damon, Dan Aykroyd

Duração: 118 min

Género: Drama

Data de Estreia-Portugal:

Antes de Elvis, Elton John e Madonna, houve Liberace: um pianista virtuoso, artista exuberante nos concertos e na televisão. Liberace gostava do que era desmedido e cultivava o excesso, no palco e fora. Um dia no verão de 1977, o jovem e bonito Scott Thorson penetra no seu camarim e, apesar da diferença de idade e de origem social, os dois homens começaram uma relação secreta que irá durar cinco anos.

Steven Soderbrgh regressa ao festival que o projetou. O realizador entrou para a história aos 26 anos, ao tornar-se no realizador mais novo premiado com a Palma de Ouro. Foi com "Sexo Mentiras e Video", a sua primeira longa-metragem. Depois disso apresentou "O Rei do Bairro" (1993) e o diptíco "Che - O Argentino" e "O Guerrilheiro" (2008).

Título: ONLY GOD FORGIVES

Realizador: Nicolas Winding REFN

Elenco: Ryan Gosling, Kristin Scott Thomas, Tom Burke

Duração: 90 min

Género: Drama, Thriller

Data de Estreia-Portugal: 25 Julho 2013

Descrito como um neo-western e passado em Banguecoque, esta obra exigiu bastante treino a Ryan Gosling, que teve de aprender Muay Thai, arte marcial muito presente no filme, e mesmo a lidar com espadas. Em "Only God Forgives", que conta também com Kristin Scott Thomas no elenco, estamos em Banguecoque. Quando o irmão de Julian assassina uma prostituta, Chang, um polícia reformado, conhecido como o "Anjo da vingança", é chamado para lidar com a situação.

O realizador de origem dinamarquesa Nicolas Winding Refn ressurge dois anos depois de ter ganho o prémio de realização com "Drive".

Título: LE PASSÉ

Realizador: Asghar FARHADI

Elenco: Bérénice Bejo, Tahar Rahim, Ali Mosaffa

Duração: 130 min

Género: Drama

Data de Estreia-Portugal:

O filme retrata o problema da separação de casais. Quando Ahmad regressa a Paris, depois de quatro anos em Teerão, para tratar do seu divórcio, um segredo do seu passado é revelado.

 

 

 

 

 

 

O realizador iraniano Asghar Farhadi estreia-se aos 41 anos na competição do festival de Cannes. Surge no festival com o filme que sucede a "Uma Separação", o drama consagrado no festival de Berlim com o Urso de Ouro e nomeado para o Oscar de melhor filme estrangeiro.

Título: UN CHÂTEAU EN ITALIE

Realizador: Valeria BRUNI-TEDESCHI

Elenco: Louis Garrel, Valeria Bruni Tedeschi, Xavier Beauvois    

Duração:

Género: Drama, Comédia

Data de Estreia-Portugal:

Quando Louise encontra Nathan, os seus sonhos voltam... Esta também é a história do seu irmão doente e da mãe deles, a história de um destino: o de uma grande família da burguesia industrial italiana. A história de uma família que cai aos pedaços, de um mundo que acaba e de um amor que começa.

Este é o terceiro filme realizado pela atriz Valeria Bruni-Tedeschi e a sua estreia na competição principal de Cannes. Anteriormente marcou presença na secção paralela Un Certain Regard com o seu filme "Atrizes" que recebeu o prémio especial do júri.

Título: INSIDE LLEWYN DAVIS

Realizador: Ethan COEN, Joel COEN

Elenco:  Carey Mulligan, Justin Timberlake, John Goodman      

Duração: 105 min

Género: Drama

Data de Estreia-Portugal:

A vida de um jovem cantor folk no universo musical de Greenwich Village em 1961. Llewyn Davis encontra-se numa encruzilhada. Enquanto um inverno rigoroso assola Nova Iorque, o jovem, com a guitarra na mão, luta para ganhar a vida como músico, e enfrenta obstáculos que parecem insuperáveis – começando pelos que ele próprio criou. Sobrevive graças à ajuda dos amigos ou de desconhecidos, aceitando todo o tipo de trabalhos. Dos cafés do Village até um clube deserto de Chicago, as suas desventuras conduzem-no até uma audição para o gigante da música Bud Grossman – antes de voltar para o lugar de onde vem... 

 

Os irmãos Coen não apresentam uma obra em Cannes desde 2007 ("Este País Não é Para Velhos"), mas marcaram presença com sete filmes e já foram premiados: "Este País...", "Quinteto da Morte", "Irmão Onde Estás", "O Grande Salto", "Barton Fink" (Palma de Ouro), "O Barbeiro" e "Fargo" (prémios de realização).

Título: MICHAEL KOHLHAAS

Realizador: Arnaud des PALLIÈRES

Elenco: Mads Mikkelsen, Bruno Ganz, Paul Bartel

Duração:121 min

Género: Drama

Data de Estreia-Portugal:

No século XVI, num lugar em Cévennes, Michael Kohlhaas, um próspero negociante de cavalos leva uma vida familiar farta e feliz. Vítima de uma injustiça, esse homem devoto e íntegro levanta um exército e destrói as cidades para restabelecer os seus direitos.

A quinta longa-metragem do parisiense Arnaud des Pallières é a sua primeira obra selecionada pelo Festival de Cannes.

Título: JIMMY PICARD (PSYCOTHERAPTY OF PLAIN INDIA)

Realizador: Arnaud DESPLECHIN

Elenco: Benicio Del Toro, Mathieu Amalric, Elya Baskin 

Duração:

Género: Drama

Data de Estreia-Portugal:

Após a Segunda Guerra Mundial, Jimmy Picard, um Índio Blackfoot que combateu em França, é admitido no hospital militar de Topeka, no Kansas, uma instituição especializada nas doenças do cérebro. Jimmy Picard sofre de muitos problemas: vertigens, cegueira temporária, perda de audição... Na ausência de causas fisiológicas, o diagnóstico é a esquizofrenia. No entanto, a direção do hospital decide pedir o conselho de um psicanalista françês, especializado em culturas nativas americanas.

Em 11 anos o realizador Arnaud Desplechin marca presença pela quinta vez na competição oficial de Cannes. Não foi premiado com nenhum dos filmes selecionados anteriormente: "Um Conto de Natal" (2008), "Esther Kahn" (2000), "Comment Je Me Suis Disputé... (Ma Vie Sexuelle) (1996), e "La Sentinelle" (1992).

Título: HELI

Realizador: Amat ESCALANTE

Elenco:

Duração:105 min

Género:Drama

Data de Estreia-Portugal:

No México, a família de Estela, uma menina de 12 anos, entra numa engrenagem de violência quando ela se apaixona por um polícia implicado em desvio de drogas.

O catalão Amat Escalante, 34 anos, realizou quatro longas-metragens e surge pela segunda vez no Festival de Cannes. Esteve presente com "Sangre" a sua primeira longa-metragem (2005), com a qual recebeu o prémio Fipresci, da crítica internacional, na secção paralela Un Certain Regard.

Título: THE IMMIGRANT

Realizador: James GRAY

Elenco: Joaquin Phoenix, Marion Cotillard, Jeremy Renner

Duração: 120 min

Género: Drama

Data de Estreia-Portugal:

1921. Ewa e a irmã Magda deixam a Polónia natal para a terra prometida, Nova Iorque. Ao chegar a Ellis Island, Magda, que sofre de tuberculose, é posta em quarentena. Ewa, sozinha e desesperada, cai nas redes de Bruno, um proxeneta sem escrúpulos. Para salvar a irmã, está pronta a sacrificar tudo e, resignada, prostitui-se. A chegada de Orlando, ilusionista e primo de Bruno, restaura a confiança e a esperança de dias melhores. Mas não contavam com o ciúme do Bruno.

James Gray regressa com "The Immigrant", dando sequência a uma presença regular no festival. "Nas Teias da Corrupção", "Nós Controlamos a Noite" e "Duplo Amor" foram selecionados em anos anteriores mas não receberam nenhum prémio.

Título: GRIGRIS

Realizador: Mahamat-Saleh HAROUN

Elenco: Souleymane Deme, Anaïs Monory, Cyril Guei

Duração:

Género: Drama

Data de Estreia-Portugal:

Apesar de ter paralisia numa perna, Grigris, 25 anos, sonha ser dançarino. Um desafio. Mas o seu sonho desmorona-se quando o tio fica gravemente doente. Para o salvar, decide trabalhar para traficantes de combustível...








O realizador chadiano Mahamat-Saleh Haroun chega pela segunda vez à competição do festival. O seu filme anterior, "Un Homme qui Crie" (2010), foi exibido na competição e recebeu o prémio do júri.

Título: A TOUCH OF SIN

Realizador: Jia ZHANG KE

Elenco: Wu Jiang, Baoqiang Wang, Tao Zhao

Duração: 135 min

Género: Drama

Data de Estreia-Portugal:

Dahai, menor exasperado com a corrupção dos dirigentes da sua aldeia decide agir. San'er, um trabalhador migrante, descobre as infinitas possibilidades oferecidas pela sua arma. Xiaoyu, recepcionista num casa de sauna, fica exasperada com o assédio de um cliente rico. Xiaohui passa de um trabalho para outro com condições cada vez mais degradantes. Quatro personagens, quatro províncias, uma única reflexão sobre a China contemporânea: uma sociedade com um desenvolvimento económico brutal pouco a pouco corrompida pela violência.

O festival de Cannes continua atento ao percurso do chinês Jia Zhang Ke. "Unknown Pleasures" (2002) e "24 City" (2008) marcaram presença na competição oficial e não receberam qualquer distinção. O realizador já ganhou o Leão de Ouro em Veneza com "Natureza Morta" (2006).

Título: LIKE FATHER, LIKE SON

Realizador: Kore-Eda HIROKAZU

Elenco:  Masaharu Fukuyama, Yôko Maki, Jun Kunimura

Duração: 120 min

Género: Drama

Data de Estreia-Portugal:

Ryota Nomomiya é um empresário bem sucedido que vive para o dinheiro. Um dia descobre que seu filho biológico foi trocado por outro após o nascimento. Ele tem agora que tomar a difícil decisão... Escolher entre o seu filho biológico ou o filho que ele criou.

Kore-Eda Hirozaku é um dos cineastas japoneses atentos à sua sociedade. Surge pela terceira vez na competição de Cannes. Anteriormente o festival mostrou "Distance" (2001) e "Ninguém Sabe" (2004). Não ganhou nenhum prémio.

Título: LA VIE D'ADÈLE

Realizador: Abdellatif KECHICHE

Elenco:

Duração:  min

Género:

Data de Estreia-Portugal:

Aos 15 anos, Adèle tem duas certezas: é uma menina, e uma menina sai com os meninos. Mas no dia em que vê o cabelo azul de Emma, na praça principal, ela sente que sua vida vai mudar. Sozinha com seus problemas de adolescente, ela transforma o olhar sobre si mesmo e o modo como os outros olham para ele. Graças ao seu amor por Emma, ​​ela amadurece enquanto mulher e adulta. Mas Adèle não é capaz de fazer as pazes, nem com os seus pais, nem com este mundo cheio de morais absurdas, nem consigo própria.

É a estreia do realizador de origem tunisina Abdellatif Kechice no Festival de Cannes. Apesar disso, Kechiche já recebeu seis Césares, nas categorias de melhor filme, realizador e argumento, com "A Cativa" e "O Segredo de um Cuscuz".

Título: SHIELD OF STRAW - WARA NO TATE

Realizador: Takashi MIIKE

Elenco:

Duração:  min

Género:

Data de Estreia-Portugal:

"Mate este homem e receberá uma recompensa de mil milhões de yens". Com este anúncio publicado em todos os jornais japoneses, o bilionário Ninagawa coloca uma preço na cabeça de Kiyomaru, o presumível assassino da sua neta. Milhões de inimigos potenciais vão então atravessar-se no caminho da polícia que acompanha Kiyomaru até Tóquio, transformando a sua viagem numa perseguição infernal e fazendo o espectador entrar no coração de um western urbano com um fim incerto.

O japonês Takashi Miike já realizou 90 filmes. mas esta é apenas a segunda presença no Festival de Cannes. "Ichimei" (2011) foi exibido na competição e não recebeu nenhum prémio.

Título: JEUNE ET JOLIE

Realizador: François OZON

Elenco:  Marine Vacth, Charlotte Rampling, Frédéric Pierrot

Duração:  min

Género: Drama

Data de Estreia-Portugal:

O retrato de uma jovem de 17 anos em 4 estações e 4 canções.

François Ozon é um realizador versártil, talentoso, e que filma com imensa regularidade. Mas anteriormente só tinha sido selecionado pelo Festival de Cannes com "Swimming Pool" (2003).

 

Título: NEBRASKA

Realizador: Alexander PAYNE

Elenco: Bob Odenkirk, Bruce Dern, Stacy Keach

Duração: 110  min

Género: Drama

Data de Estreia-Portugal:

Pai e filho fazem uma viagem de Montana a Nebraska para tentar ganhar um prémio no valor de um milhão de dólares.

Segunda presença do norte-americano Alexander Payne na competição do Festival de Cannes. Regressa 11 anos depois de ter apresentado "As Confissões de Schmidt".

Título: VENUS IN FUR

Realizador: Roman POLANSKI

Elenco: Emmanuelle Seigner, Mathieu Amalric

Duração: 90  min

Género: Drama

Data de Estreia-Portugal:

Sozinho num teatro parisiense depois de um dia passado a fazer audições de atrizes para a peça que vai dirigir, Thomas queixa-se ao telefone do fraco desempenho das candidatas. Nenhuma tem a dimensão necessária para desempenhar o papel principal e prepara-se para partir quando surge Vanda, verdadeiro turbilhão de energia desenfreada e atrevida. A Vanda representa tudo o que Thomas odeia. É vulgar, imprudente, e não recua perante nada para obter o papel. Mas Thomas, um pouco forçado, deixa-a tentar a sua sorte e fica espantado com a metamorfose de Vanda. Ela entende perfeitamente a personagem (que aliás tem o mesmo nome) e conhece todos os diálogos. Enquanto a «audição» continua, a atração de Thomas transforma-se em obsessão...

É a terceira presença de Roman Polanski no festival  e o realizador está habilitado a ganhar a sua segunda Palma de Ouro. Estreou-se com "O Inquilino" (1976) e regressou com "O Pianista" o filme que foi consagrado com a Palma na edição de 2002.


Título: LA GRANDE BELLEZA

Realizador: Paolo SORRENTINO

Elenco: Toni Servillo, Carlo Verdone, Sabrina Ferilli

Duração:142 min

Género:Drama

Data de Estreia-Portugal:

Senhoras da aristocracia, novos-ricos, políticos, criminosos de alto nível, jornalistas, atores, nobres decadentes, prelados, artistas e intelectuais – verdadeiros ou presumidos – tecem a trama de relações inconsistentes, todos engolidos por uma Babilónia desesperada que se agita nos palácios antigos, nas imensas vivendas, nas mais belas esplanadas da cidade. Encontram-se todos lá. E não mostram o melhor de si. Jep Gambardella, 65 anos, escritor e jornalista, indolente e desencantado, os olhos perpetuamente embebidos de gin tonic, assiste a esse desfile de uma humanidade oca e derrotada, poderosa e deprimente. Uma fraqueza moral vertiginosa. E, no fundo, Roma, o verão. Esplêndida e indiferente. Como uma Deusa morta.

O napolitano Paolo Sorrentino e o festival de Cannes mantém um relação próxima desde 2004. Este é o quinto filme consecutivo do realizador a entrar na competição. A sequência é esta: "Este é o Meu Lugar (2011), prémio do júri ecuménico, "Il Divo - A Vida Espectacular de Giulio Andreotti" (2008), prémio especial do júri, "L'amico di Famiglia" (2006) e "As Consequências do Amor" (2004).

Título: BORGMAN

Realizador: Alex Van WARMERDAM

Elenco: Jan Bijvoet, Hadewych Minis, Jeroen Perceval

Duração:113 min

Género: Thriller

Data de Estreia-Portugal:

Camiel Borgman surge nas ruas tranquilas de um subúrbio rico, para tocar a campaínha de uma família burguesa. Quem é? Um sonho, um demónio, uma alegoria ou a encarnação real dos nossos receios?

Estreia absoluta do realizador e ator holandês Alex Van Warmerdam na competição do Festival de Cannes.

Título: ONLY LOVERS LEFT ALIVE

Realizador: Jim JARMUSCH

Elenco: Tom Hiddleston, Tilda Swinton, Mia Wasikowska

Duração: 122 min

Género: Drama, Terror

Data de Estreia-Portugal:

Uma história sobre dois vampiros que estão apaixonados há séculos.

É a oitava participação de Jarmusch no festival de Cannes, desde que ganhou a Câmara de Ouro, prémio para melhor primeira obra, com "Estranhos no Paraíso", em 1984. Também venceu a Palma de Ouro para melhor curta-metragem com "Coffee and Cigarettes 3" (1993) e o  grande prémio do júri com "Flores Partidas" (2005), naquela que foi a a sua mais recente presença no festival até à data. Além disso apresentou "Down By Law" (1986), "Comboio Mistério" (1989), "Dead Man - Homem Morto" (1995), "Ghost Dog - O Método do Samurai" (1999).

por

Recomendamos: Veja mais Artigos de Cannes 2013