Três curtas portuguesas na Berlinale

Curta-metragemFestivalCinema Português  

Três curtas portuguesas na Berlinale

Novos filmes de Gabriel Abrantes, Leonor Teles e Marie Losier incluídos na seleção oficial do Festival de cinema de Berlim.

Artigo recomendado:
Três curtas portuguesas na Berlinale
Festival
"Cartas da Guerra" na competição de Berlim A terceira longa-metragem de Ivo M. Ferreira, está seleccionada para a Competição Oficial da 66ª Edição do Festival Internacional de Cinema ...

Os filmes "Balada de um Batráquio", de Leonor Teles, e "Freud und Friends", de Gabriel Abrantes, foram selecionados para a competição de curtas-metragens do festival de cinema de Berlim, foi hoje anunciado.

A direção do festival revelou a seleção de 25 curtas-metragens, de 21 países, entre as quais "Balada de um Batráquio", filme no qual Leonor Teles volta a abordar as raízes de etnia cigana, e "Freud und Friends", de Gabriel Abrantes, um dos segmentos do filme coletivo "Aqui, em Lisboa", produzido pelo IndieLisboa.







Os filmes são candidatos ao Urso de Ouro, o prémio conquistado em 2012 por João Salaviza com "Rafa".

As duas curtas-metragens surgem na competição através da Portugal Film, a recém-criada agência de internacionalização do cinema português.

A Portugal Film revelou hoje que no programa Forum Expanded do festival de Berlim estará "L'Oiseau de La Nuit", de Marie Losier, um retrato onírico do travesti Deborah Kristal, encarnado por Fernando Santos. A curta-metragem é outro dos segmentos de "Aqui, em Lisboa".

O Festival Internacional de Cinema de Berlim decorrerá de 11 a 21 de fevereiro.

Na seleção oficial do festival de cinema de Berlim está incluido "Cartas de Guerra", de Ivo M. Ferreira, a partir de cartas que o romancista António Lobo Antunes escreveu quando esteve na guerrra colonial. O filme é candidato ao Leão de Ouro.

por

Recomendamos: Veja mais Artigos de Curta-metragemFestivalCinema Português