Um Natal clássico e moderno
O avarento Ebenezer Scrooge interpretado por Jim Carey:
é para ter medo, algum medo...

Mais CinemaAnimaçãoTerrorMais Cinema3DMais CinemaCinema Norte-americano  

Um Natal clássico e moderno

Robert Zemeckis retoma um texto intemporal em 3D. E mostra que é bom nisso.

O texto clássico de Charles Dickens continua a ser uma referência intemporal do espírito natalício. Robert Zemeckis retoma-o numa versão visualmente surpreendente e terrífica – que obedece às regras contemporâneas do entretenimento – sem desvirtuar o espírito do conto escrito em 1838.

O filme narra a tormentosa véspera do dia de Natal vivida por Ebenezer Scrooge, quando recebe a visita dos espíritos dos Natais passado, presente e futuro.

As quatro personagens são interpretadas de forma distinta por Jim Carey que surge transfigurado através do processo motion capture – trata-se da técnica de captura de movimentos que Zemeckis já tinha utilizado em "Polar Express" e "Beowulf", e que consiste em captar, através de pontos electrónicos colocados no corpo, os movimentos e expressões faciais dos actores que depois são transpostos para animação gerada por computador.

Zemeckis volta a utilizar a tecnologia para fazer de forma diferente: por um lado oferece uma visão espantosa e pormenorizada da cidade Londres e por outro utiliza com sabedoria a profundidade do 3D para criar perspectivas visuais muito interessantes.

A sua perspectiva do conto de Dickens é contemporânea no modo como acentua os traços de horror e de sátira da história ou assume uma visão artística de algumas sequências; mas preserva a qualidade intrínseca da obra literária no estilo arcaico dos diálogos e nas preocupações morais do conto.

O filme é a mais estimulante proposta desta temporada de Natal mas não funciona para toda a família. Há sequências com uma sugestão ambiental e efeitos próprios de um filme de terror que podem impressionar os mais pequenos. A obra de arte sai a ganhar mas essa opção limita o seu universo de espectadores.


UM CONTO DE NATAL

De Robert Zemeckis
com Jim Carrey, Steve Valentine, Daryl Sabara - na versão original; Paulo Oom, Heitor Lourenço, Carlos Freixo, Fernando Luís - na versão portuguesa
Animação
96m
M/6
EUA
2009




por
publicado 22:12 - 19 novembro '09

Recomendamos: Veja mais Artigos de Mais CinemaAnimaçãoTerrorMais Cinema3DMais CinemaCinema Norte-americano