VECCHIALI, Paul
"Le Cancre" (2016): Paul Vecchiali actor no seu próprio filme

DVD Memória  

VECCHIALI, Paul

Redescoberto em Cannes, em 2016, através do filme "Le Cancre", Paul Vecchiali é um cineasta francês genuinamente independente — a sua filmografia desenvolve-se ao longo de mais de meio século.

Paul Vecchialli é um velho e respeitável senhor do cinema francês — completou 87 anos no dia 28 de Abril de 2017 e continua a trabalhar regularmente, tendo uma filmografia de mais de quatro dezenas de títulos. Nas bandas sonoras dos seus filmes, curiosamente, podemos escutar Bach, mas também Georges Brassens ou Léo Ferré, quer dizer, o que ele filma é a própria musicalidade das relações humanas.

Um dos seus títulos mais célebres é "Femmes Femmes" (1974) — o seu retrato ao mesmo tempo dramático e irónico, realista e surreal do universo feminino talvez se possa definir como um símbolo exemplar do universo temático e estético de Vecchiali. Para além da presença de uma actriz fetiche, Hélène Surgère, trata-se de um título que abre uma fase especialmente criativa em que também se incluem "Change pas de Main", "La Machine" e "Corps à Coeur", todos realizados na segunda metade dos anos 70. Curiosamente, os temas e obsessões desses filmes continuam a estar presentes em "Le Cancre", estreado numa sessão especial do Festival de Cannes de 2016.


Não é, certamente, por acaso que a personagem central de "Le Cancre" é assumida pelo próprio Vecchiali — as memórias das mulheres, dos amores e desamores, envolvem qualquer coisa de ambiguamente autobiográfico. Afinal de contas, Paul Vecchiali tem sido sempre um cineasta independente, fiel a si próprio — dir-se-ia que como numa velha canção de George Brassens.

por
publicado 15:41 - 24 agosto '17

Recomendamos: Veja mais Artigos de DVD Memória