VIDA INTERROMPIDA (1999)
Angelina Jolie em "Vida Interrompida" — um drama dos anos 60

DVD Memória  

VIDA INTERROMPIDA (1999)

Do policial clássico ao "blockbuster", James Mangold tem sido um cineasta de surpreendente versatilidade. Um dos seus filmes de maior impacto, "Vida Interrompida", valeu um Oscar a Angelina Jolie.

Com o filme "Logan", descobrimos o realizador James Mangold a assinar o primeiro “blockbuster” de 2017. O certo é que este género de espectáculo está longe de ser suficiente para definir uma carreira que sempre se distinguiu por uma invulgar, por vezes desconcertante, versatilidade. O filme que o impôs no interior da máquina de Hollywood surgiu em 1999 e chama-se "Vida Interrompida".

Estamos perante um drama de elaborada textura clássica. "Vida Interrompida" é a história verídica de uma jovem internada numa instituição para doentes mentais na década de 60. O essencial passa-se entre ela e uma das pacientes que já lá estava — ou seja: Winona Ryder e Angelina Jolie.



Na trajectória de Angelina Jolie, este foi um momento absolutamente decisivo. Até aí, ela tinha-se distinguido, por exemplo, em "Gia", um telefilme de 1998, e "O Coleccionador de Ossos", também de 1999, em que contracenava com Denzel Washington. Graças a "Vida Interrompida", teve a sua primeira nomeação para um Oscar, na categoria de melhor actriz secundária — e ganhou.

por
publicado 18:59 - 29 abril '17

Recomendamos: Veja mais Artigos de DVD Memória