Veneza, dia 10: o estilo de Tom Ford
Os actores Colin Firth e Matthew Goode:
a memória de um amor invisível em Los Angeles, 1962

Mais CinemaVeneza 2009Mais CinemaMelodramaCinema Norte-americano  

Veneza, dia 10: o estilo de Tom Ford

A primeira-obra do estilista da casa Gucci foi acolhida com entusiasmo no festival.

A selecção oficial encerrou com uma revelação. Tom Ford, um dos nomes mais relevantes da moda mundial, apresentou o primeiro filme que escreveu e dirigiu.

Dito assim pode parecer que Tom Ford é um estranho no meio do cinema, o que não corresponde à verdade. Já fez um cameo em "Zoolander", cuidou do fato de James Bond em "007 - Quantum of Solace" e colaborou com fotógrafos contemporâneos como Helmut Newton e Herb Ritts.

"A Single Man" foi adaptado de um romance de Christopher Isherwood, uma obra relevante na afirmação dos direitos homossexuais nos Estados Unidos. O homem solitário é um professor de inglês (Colin Firth tem um dos desempenhos do ano), que tenta retomar a sua vida normal após a morte do companheiro e amante de longa data. A acção acontece em Los Angeles, durante o ano de 1962.

A reconstituição de época revela todo um estilo Tom Ford que sobressai nos cuidadosos valores de produção do filme: guarda-roupa irrepreensível, adereços com elegantes peças de mobília, automóveis sofisticados e cenários que revelam uma cuidada selecção de espaços arquitectónicos.

Há um formalismo que torna o filme frio, acentuando as notas relevantes de um melodrama sobre o luto e a inadaptação, a incapacidade de viver e a superação da própria morte. 

"A Single Man" foi acolhido com entusiasmo e isso pode ser entendido como uma caução do festival a esta transição da moda para o mundo da arte que foi assumida por Tom Ford.

por
publicado 17:25 - 14 setembro '09

Recomendamos: Veja mais Artigos de Mais CinemaVeneza 2009Mais CinemaMelodramaCinema Norte-americano