Desporto

Jogadores e treinador felizes com a vitória

Declarações à 'flash interview' após a vitória de Portugal contra o Gana (3-2), na primeira jornada do grupo H do Mundial2022 de futebol, disputado no Estádio 974, em Doha

Jogadores e treinador felizes com a vitória
Fernando Santos (selecionador de Portugal): "Em termos de organização e transição ataque-defesa, muito bem. O Gana não conseguiu nem em ataque nem em contra-ataque. Zero remates. Mas nós, com segurança com bola, mas passiva. Muito a trocar atrás, invadíamos o meio campo adversário, mas voltávamos para trás, a circular por fora e pouca agressão.

Melhorámos a partir dos 30 minutos, criámos três ou quatro situações de grande perigo.

Não foi fácil, mas eu disse que, não sendo fácil, a equipa nos últimos 10 minutos da primeira parte preencheu melhor o jogo.

Disse-lhes ao intervalo que era preciso ter paciência, mas queríamos fazer golos. Entraram para modificar o tipo de jogadas, e o penálti surge dessa forma. Mas sofremos golos que vinham do nada".

Rafael Leão (jogador de Portugal, autor de um golo): "Era algo que procurava há muito tempo, um golo ou uma assistência. Estou muito contente, mas o mais importante era a vitória. Tivemos a iniciativa de procurar o golo e estamos de parabéns.

Queria ajudar a equipa, de qualquer forma. Acho que fui feliz, estou muito contente.

O 'mister' preparou muito bem a equipa. Portugal, sendo uma equipa muito forte em todas as posições, tomámos sempre a iniciativa do jogo, ficaram muito recuados. Mas acho que na segunda parte melhorámos e mostrámos outra atitude. Fomos felizes".

João Félix (jogador de Portugal, autor de um golo): "Na primeira parte, estavam muito mais organizados, com mais vontade. Meteram-se muito lá atrás, uma equipa rápida, agressiva, e é difícil entrar na área deles. Ainda tivemos algumas ocasiões, mas controlámos o jogo.

Depois do golo, ainda tivemos um bom tempo em que controlámos, sem pressa, tranquilos. Com paciência para tentar chegar ao golo, e aí desequilibram-se. Fazem um golo do nada e depois lá tivemos de 'remontar' outra vez. Estivemos muito bem".



Raphael Guerreiro (jogador de Portugal): "O mais importante é a vitória. No final, estava muito difícil. Vamos continuar focados no próximo jogo. Se ganharmos o próximo jogo, já passámos para os oitavos de final, e é um bom caminho.