Desporto

Rali do Marítimo – Machico em risco

Um elevado orçamento apresentado pela PSP e o número de inscritos reduzido são as razões

Rali do Marítimo – Machico em risco
A organização da prova a cargo do Marítimo tem vindo a preparar o rali em parceira com a Câmara Municipal de Machico, principal patrocinador.

Delineada a prova e com regulamentação aprovada e inscrições abertas tudo decorria dentro da normalidade até chegar o orçamento da PSP.

E caiu que nem uma “bomba” a elevada proposta que a PSP fez chegar. 

A organização trabalha neste momento para tentar solucionar o problema. E ainda para mais o facto de só ter ao final da manhã de hoje 7 equipas inscritas não ajuda a minimizar despesas, pois a despesa apresentada pela PSP.

É a PSP que decide o número de elementos a colocar em cada rali. Ao ano passado foram pagos 4.800 € à PSP. Este ano o primeiro orçamento que chegou eram mais de 10 mil euros. Entretanto foi ligeiramente reduzido. Mas continua muito superior ao ano passado. 

Também houve aumentos nas remunerações dos serviços gratificados (o que acontece todos os anos).

Na ultima prova do campeonato regional, o rali Municípios do Funchal e Câmara de Lobos, a organização pagou cerca de 8 mil euros para o policiamento.

O facto de o rali começar na sexta-feira com duas classificativas também faz aumentar a despesa apresentada pela PSP, por isso é que as organizações optam por repetir duas ou três vezes a mesma classificativa (porque os elementos de segurança já lá estão) para diminuir os custos.

Sem hipóteses de recolher verbas de patrocínios de empresas ou privados as organizações fazem-se valer do dinheiro às inscrições e do principal patrocinador (no caso do rali de Machico é a Câmara Municipal local, que também dá uma ajuda na logística com meios humanos e não só), para fazer face às despesas.

Como são poucos as inscrições neste rali do Marítimo – Machico, a organização da prova reúne ao final do dia para fazer contas à vida e discutir a viabilidade da sétima prova do campeonato e decidir se vai ou não para a estrada.

As inscrições terminam no dia de amanhã às 18:00 e podem ser feitas na sede da FPAK na Rua dos Aranhas, na sede do Departamento de Automobilismo do Marítimo.

As próximas horas são decisivas.