Economia

Avião-cargueiro realiza ligação ao Porto Santo no início tarde

O Governo Regional já acordou com um operador de transporte aéreo de mercadorias, por forma a assegurar o transporte de alguns bens essenciais para o Porto Santo.

Avião-cargueiro realiza ligação ao Porto Santo no início tarde

© DR

Dada a impossibilidade de seguirem por via marítima, em virtude do estado do tempo e, sobretudo, a forte ondulação que se tem feito sentir.

De acordo com o secretário regional da Economia, Rui Barreto, “a operação foi montada em tempo recorde, atendendo também à urgência em responder às necessidades de abastecimento do comércio e, particularmente, da distribuição alimentar”.

Segundo Rui Barreto, o avião-cargueiro deverá realizar a viagem ao início da tarde de hoje, com o porão totalmente cheio, ocupando os cerca de 70 metros cúbicos da capacidade de carga da aeronave, ou seja, cerca de sete toneladas de alimentos e também alguns medicamentos”.

Desta forma, o Governo Regional pretende “abastecer o Porto Santo com os principais bens essenciais, enquanto não é possível fazê-lo por via marítima, o que só deverá acontecer a partir de domingo, caso se confirmem as previsões do estado do tempo”, disse o governante.

Rui Barreto reitera ainda o apelo ao bom senso e à serenidade da população, “por forma a que os bens possam chegar a todos, de uma forma equitativa, sem alarmismos e sem açambarcamentos desnecessários, até porque esta é uma situação que o Governo Regional está a acompanhar com especial atenção e tudo fará para fique sempre garantido o abastecimento”.

Conforme referiu o secretário regional da Economia, “trata-se de uma situação transitória, dado que se prevê uma melhoria do estado do tempo a partir de domingo, o que irá permitir retomar o abastecimento regular por via marítima”.