Economia

Digitalização da economia não vai dispensar a mão-de-obra

As tecnologias digitais foram o tema da ação de formação da ACIF. A Simplificação de métodos através das novas ferramentas, de acordo com a formadora Cristina Barros, permite a agilização de processos e consequentes ganhos de tempo. Cristina Barros defende que a 4.ª revolução industrial não vai dispensar mão-de-obra.

© DR