Economia

easyJet melhora prejuízo

A easyJet reportou hoje um prejuízo de 858 milhões de libras (1.010 milhões de euros) no ano fiscal terminado em setembro, após contabilizar perdas de 1.079 milhões de libras (1.270 milhões de euros) no ano anterior.

easyJet melhora prejuízo

© DR

Num comunicado divulgado na bolsa de valores de Londres, a companhia aérea de baixo custo britânica considerou que é ainda “muito cedo para dizer que impacto a variante do coronavírus Ómicron terá nas viagens na Europa e as consequências que quaisquer restrições de curto prazo possam ter”.

“Continuamos a ver os bons níveis das novas reservas para a segunda metade do ano e continuamos a esperar que o quarto trimestre de 2021-2022 mostre um regresso aos níveis próximos da pré-pandemia em termos de capacidade, já que as pessoas optam por fazer as suas esperadas férias de verão”, refere a companhia no comunicado.

No entanto, a easyJet, com o aparecimento da nova variante da covid-19, terá de reorganizar a sua capacidade para o atual trimestre, numa altura em que os “consumidores estão a adiar reservas”.

No ano fiscal concluído em setembro, a capacidade utilizada pela companhia aérea de baixo custo esteve cerca de 50% abaixo dos níveis de 2019.

C/Lusa