Economia

Exportação de Vinho Madeira para a China registou crescimento de 8%

O Vinho Madeira foi novamente promovido no continente asiático, desta feita, através da participação numa prova de vinhos, na cidade chinesa de Wuhan.

Exportação de Vinho Madeira para a China registou crescimento de 8%
A cerimónia decorreu no seguimento de uma parceria entre o IVBAM e a Viniportugal, entidade responsável pela organização de provas internacionais de vinhos portugueses.

Sendo a mesma destinada a profissionais e agentes do sector vínico, contribuiu, deste modo, para uma maior promoção e consequente potencialização de um crescimento sustentado do setor dos Vinhos portugueses, no qual se inclui o Vinho Madeira, no mercado asiático.

A participação do Vinho Madeira neste certame fez-se através das empresas: Justino’s Madeira Wines; Henriques & Henriques e Pereira D’Oliveira, as quais se fizeram representar pelos seus importadores daquele país.

Em termos de valores de exportação de Vinho Madeira, é de destacar que a China, no ano passado, apesar da pandemia e todas as restrições inerentes, foi um dos países que registou um maior crescimento face a 2019, tendo sido comercializados perto de 59.000 litros de Vinho Madeira, mais 8% que no ano anterior, que se traduziram em cerca de 750.000 euros, ou seja, mais 54% do que o valor registado em 2019. De referir ainda, que este significativo aumento em valor, foi determinado pela apetência do mercado pelas gamas mais elevadas do Vinho Madeira.

A China apresenta-se assim como um mercado com grande potencial de crescimento para o Vinho Madeira, tendo esta sido uma ação promocional de grande interesse estratégico para o Vinho Madeira, naquele mercado.

Esta ação, promovida pelo IVBAM enquadra-se no Plano Promocional do Vinho Madeira, sendo cofinanciada a 85% no âmbito do ‘Programa Operacional Regional da Madeira 2014-2020’ e o restante suportado pelo Orçamento Regional.