Economia

Grupo Pestana abre 10 hotéis em 2020

O grupo anunciou hoje que vai realizar um investimento de 250 milhões de euros na criação de 3.500 quartos, até 2025.

Grupo Pestana abre 10 hotéis em 2020
Estas 10 novas unidades vão permitir a criação de dois mil quartos no próximo ano, num total de mais de 3.500 até 2025.

Em conferência de imprensa em Lisboa, o Chief Development Officer do Pestana Hotel Group disse que "o objetivo é reforçar o posicionamento em Portugal e expandir a marca Pestana CR7 [Lifestyle Hotels] com a abertura de quatro unidades e duas Pousadas em Portugal, três Pestana CR7 no estrangeiro e um novo hotel em Marrocos".

Assim, e "continuando a afirmar-se no segmento urbano", Lisboa conta com dois hotéis já anunciados e ainda com um projeto para uma nova Pousada que, segundo o mesmo responsável, "totalizará 250 novos quartos e um investimento de 20 milhões de euros".

O Porto terá a abertura de duas novas unidades hoteleiras - o Pestana Douro e a Pousada do Porto -, num total de 300 quartos e um investimento de 30 milhões de euros. O grupo crescerá na Invicta para seis hotéis.

José Roquette acrescentou também que se esperam no próximo ano reforços da operação no Algarve, Madeira e Açores.

Em termos de internacionalização e com a marca CR7, depois de "Portugal e do crescimento na Europa", a parceria com o futebolista Cristiano Ronaldo "chega a dois novos continentes" com a abertura em breve na América do Norte e em áfrica.

A marca CR7 conta com dois hotéis em operação em Lisboa e no Funchal e hoje foi anunciado o 7.º hotel, em Manchester. Em 2020, tal como já tinha sido anunciado, serão inaugurados o Pestana CR7 Gran Via Madrid e o Pestana CR7 West Side, em Nova Iorque, bem como o Pestana Marrakech, em Marrocos.

"Marrocos é outro dos destinos em que o grupo reforça a sua oferta. Depois de Casablanca e Marraquexe, a marca Pestana chega a Tanger, já em 2020", sublinhou José Roquette.

"Estamos numa fase mais lenta, ou ingrata, da nossa internacionalização, já que esta é muito mais cara e tem uma rentabilidade evolutiva", explicou.

O grupo, com mais de quatro décadas e presente em 15 países, está a celebrar este ano a abertura do seu 100.º hotel, o Pestana Park Avenue, em Nova Iorque que, juntamente, com os hotéis de Miami e Newark, "confirmam a aposta no mercado norte-americano", acrescentou o administrador.

C/Lusa