Economia

Madeira tem uma das taxas de desemprego mais elevadas do país

No terceiro trimestre de 2019, a taxa de desemprego na Região foi superior à média nacional.

Madeira tem uma das taxas de desemprego mais elevadas do país
Entre julho, agosto e setembro a taxa de desemprego na Região era de 6,9%, valor igual ao trimestre anterior , o mais baixo desde o início de 2011.

No terceiro trimestre de 2019 estavam 9,7 mil pessoas desempregadas, menos 2,5 mil em ralação ao ano anterior.
Já a população empregada fixou-se em cerca de 130 mil pessoas, o que reflete um aumento comparativamente ao mesmo período de 2018.

Esta é a a primeira vez que a população empregada atinge a fasquia dos 130 mil, um novo máximo para a série que se inicia no 1.º trimestre de 2011.

Neste período, registou-se mais homens a trabalhar do que mulheres.

A nível nacional, a taxa de desemprego no trimestre em análise fixou-se nos 6,1%, tendo diminuído 0,2 p.p. em comparação com o trimestre anterior e 0,6 p.p. em relação ao 3.º trimestre de 2018.

Os Açores continuam a ser a região que apresenta a taxa de desemprego mais elevada a nível nacional (7,3%). No polo oposto, a Região Centro observava a taxa mais baixa (4,8%).