Economia

Rabaçal bate recorde de procura (áudio)

O Rabaçal teve em julho mais visitantes do que em 2019, o último ano antes da pandemia. A procura tem sido grande e é quantificável pelos bilhetes vendidos para o transporte entre a estrada principal e a casa do Rabaçal. Em julho e agosto, foram vendidos este ano mais de 11 mil e 100 bilhetes e em alguns horários as duas carrinhas andam completamente lotadas. A reportagem é do jornalista da Antena 1, Paulo Anastácio

Até 25 de agosto, os número de bilhetes vendidos ainda estava um pouco aquém do mesmo mês em 2019.

Mas em compensação, julho ultrapassou o melhor mês pré-pandemia.

Um verão em cheio que surpreende a própria autarquia, pois as duas carrinhas de 9 lugares da linha do Rabaçal, já venderam mais de 11.100 bilhetes em dois meses. 

Desde o início do ano, o acumulado chega aos 22.500.

As carrinhas percorrem os dois km entre a estrada regional 105 e a casa florestal do Rabaçal entre as 10 da manhã e as seis da tarde, e nas horas de maior procura, viajam com a lotação máxima.

A zona do Rabaçal é das mais procuradas pelos turistas.

A maioria dispensa as carrinhas, o que dá uma ideia da carga exercida pela presença humana no local.