Economia

Região registou 726 mil dormidas em outubro

No mês de outubro de 2021, as dormidas superaram valor do mesmo mês de 2019.

Região registou 726 mil dormidas em outubro

© DR

Nos primeiros dados para o sector de alojamento turístico da Região, referentes ao mês de outubro de 2021, estima-se a entrada de 131,7 mil hóspedes nos estabelecimentos, correspondente a 726,0 mil dormidas, o que se traduz em variações homólogas muito expressivas, de +129,3% e de +154,2%, respetivamente. Em outubro de 2020, a atividade turística registou apenas 57,4 mil hóspedes entrados e cerca de 285,6 mil dormidas.

Estabelecendo uma comparação entre outubro de 2021 e outubro de 2019, observa-se que o número de hóspedes entrados e de dormidas na RAM registaram aumentos de 9,9% e 5,8%, respetivamente. É o primeiro mês desde o início da pandemia, em que o número de dormidas superou o registo do mês homólogo do último ano pré-pandémico (2019).

De janeiro a outubro de 2021, o sector do alojamento turístico na RAM registou 4,0 milhões de dormidas (+62,3% do que em igual período de 2020 e -44,1% do que nos primeiros dez meses de 2019).

Para efeitos de comparabilidade com os dados divulgados pelo INE, é necessário excluir o alojamento local com menos de 10 camas, sendo que, segundo esta lógica de apuramento de resultados, as dormidas do alojamento turístico, nos primeiros dez meses, apresentam um aumento de 157,7%, uma variação mais significativa que a verificada a nível nacional (+139,0%).

Na Região, as dormidas de residentes em Portugal terão crescido 99,9% relativamente ao mês homólogo, atingindo as 143,1 mil e representando 19,7% do total, enquanto as de residentes no estrangeiro terão subido 172,4% relativamente a outubro de 2020, situando-se em 582,9 mil. Note-se que, face a outubro de 2019, a variação nas dormidas produzidas por residentes em Portugal foi de +78,0%, enquanto no caso dos residentes no estrangeiro fixou-se nos -3,8%. Os hóspedes entrados, em outubro de 2021, com residência no País, terão sido 41,1 mil, e os residentes no estrangeiro 90,6 mil.

No país, em outubro de 2021, o mercado interno contribuiu com 2,0 milhões de dormidas e aumentou 65,4%. Os mercados externos predominaram (peso de 64,5%) e totalizaram 3,5 milhões de dormidas (+216,6%).