Economia

SOCICORREIA investe 35 milhões no Funchal

A SOCICORREIA acaba de anunciar que até ao final deste ano vai edificar oito novos empreendimentos e concluir quatro obras em cidades estratégicas para o grupo: Lisboa, Funchal e Ponta Delgada. Anuncia ainda que, através da VARINO, sociedade que detém com o Grupo AFA, irá lançar um investimento de aproximadamente 90 milhões de euros até final deste ano.

SOCICORREIA investe 35 milhões no Funchal
Em Lisboa, arrancam o Edifício Século XXI 16, bem como o Varino 03 e Varino 04, enquanto que, na cidade do Funchal seguem-se o Edifício Século XXI 18 e Século XXI 19, e ainda, o Varino 05 e Varino 07. Este ano, a SOCICORREIA, concluí o Edifício Século XXI 17, no Funchal.

Nos Açores, em Ponta Delgada, a SOCICORREIA, arranca a obra do Sea Lux 2, e concluirá o Edifício Sea Lux. 

Em Braga, a SOCICORREIA concluirá, nos próximos tempos, os empreendimentos Lux Housing, Chãos de Braga, e o projeto Hotel Século XXI, estimado em 20 milhões de euros,  que aguarda arranque para 2022 devido ao impacto da pandemia do novo coronavírus.

A VARINO está a estudar a construção do Varino 06, em Lisboa, que se encontra ainda em fase de projeto A capital absorverá 60 milhões de euros do investimento total da empresa para os anos 2021 e 2022, sendo a grande aposta para os próximos 2 anos.

A Lisboa segue-se o Funchal, cujo investimento para este ano ascenderá a 35 milhões de euros para dar continuidade aos projetos em curso. O Varino 05 e Varino 07 que se iniciam em 2021, marcam o início do grande empreendimento Dubai na Madeira, composto por edifícios de elevada exclusividade e por um parque com zonas verdes e zonas de lazer com aproximadamente 25 mil m2.

“A nossa grande orientação é consolidar os investimentos até 2023 e dar continuidade aos projetos das marcas Edifício Século XXI e Varino, que se distinguem pela forte qualidade e design diferenciadores no mercado nacional”, garante Custódio Correia, CEO do Grupo SOCICORREIA.

A empresa quer manter o crescimento nos próximos dez anos, meta que pode ser confirmada pelo fôlego que demonstrou no último ano, que apesar da pandemia, realizou investimentos que ascenderam a mais de 100 milhões de euros, e com uma faturação do Grupo superior a 50 milhões, demonstrando o seu forte dinamismo no setor da construção e promoção imobiliária.

“O Grupo SOCICORREIA não sentiu o impacto da pandemia no sector, quer a nível financeiro quer em termos de procura. Diferente foi a forma de procura por parte do cliente, e a forma como passamos a mostrar e a dar a conhecer os nossos prédios e apartamentos, mas os negócios mantiveram-se.”, conclui Custódio Correia.

A SOCICORREIA é um grupo inovador, composto por 10 empresas, todas elas ligadas aos setores da construção e do imobiliário. 

Estas empresas estão em constante interação e dinâmica, o que faz do Grupo SOCICORREIA um grupo empresarial ativo, empreendedor, inovador, de melhoria contínua e de referência no setor.

Hoje, com forte presença e aposta no triângulo das 3 capitais nacionais – Lisboa, Funchal e Ponta Delgada –, entre outras como Braga, a SOCICORREIA centra as suas grandes áreas de atuação na aquisição de imóveis de alta qualidade para construção ou reabilitação para fins residenciais, sendo os Edifícios Século XXI a sua imagem de marca. 

Com 130 colaboradores diretos e 200 indiretos, a SOCICORREIA registou, em 2020, um volume de faturação superior a 50 milhões de euros.