Economia

Troca de placas do navio «Silver Dawn» decorreu hoje

A Presidente do Conselho de Administração da APRAM apresentou hoje cumprimentos de boas-vindas ao Comandante do “Silver Dawn”, um navio lançado em abril deste ano e vocacionado para o segmento de cruzeiros ultraluxuosos.

Troca de placas do navio «Silver Dawn» decorreu hoje

© APRAM

Apesar de o navio ter feito a primeira escala muito recentemente na Madeira, a cerimónia para assinalar essa estreia no Porto do Funchal foi hoje.

O Comandante Samuele Failla recebeu os representantes das Autoridades Marítima e Portuária e do agente do navio para a habitual troca de placas.

Paula Cabaço considera “fundamental para a Madeira a captação deste mercado de luxo ao nível de cruzeiros, vocacionados para um público exigente e com muito poder de compra. Apraz-nos também registar que este é mais um transatlântico no Porto do Funchal.“

O “Silver Down” é o décimo navio da frota da companhia Silversea. Batizado em Lisboa, realizou a viagem inaugural, logo a seguir, em abril deste ano. De acordo com a companhia é um navio híbrido, conjugando “as melhores características dos navios irmãos “Silber Muse” e “Silver Moon”, mas superando na originalidade.”

Este “Amanhecer de Prata” tem uma arqueação bruta de 40 700 toneladas, um comprimento total de 212,8 metros e 27 metros de largura.

O navio sai esta tarde, às 18h00, depois de ter ficado 11 horas no Funchal. Vai para San Juan, em Porto Rico, mas o destino final é Fort Lauderdale.

Designado de “13 noites de Lisboa à Flórida”, este cruzeiro termina a 16 de dezembro e a partir daí, o navio fica posicionado na área onde nos próximos tempos, vai operar nas Caraíbas.

Em março, na viagem de reposicionamento na Europa, o “Silver Dawn” volta a fazer escala no Porto do Funchal.