Parlamento

Carlos César diz que PSD devia estar preocupado com o governo da Madeira

O líder parlamentar do PS, na Assembleia da República, diz que o PSD não devia “estar preocupado com os resultados e as contas” do Governo de António Costa, mas sim com “o único governo do PSD que resta em Portugal”, na Madeira. A região liderada pelo PSD, num governo presidido por Miguel Albuquerque, afirmou César, “atingiu um défice de pelo menos sete vezes mais” do que o dos Açores, e deixa “faturas para pagar”.

Som Antena 1 Madeira © Foto: PS

O líder parlamentar do PS, Carlos César, acusou a oposição de ter “horror ao sucesso do Governo”, como o crescimento de 2,7% em 2017, tratando-o “como se não fosse também o sucesso do país”.

No dia em que o Instituto Nacional de Estatística (INE) anunciou que o crescimento económico em Portugal foi de 2,7% no ano passado, César aproveitou o debate quinzenal, no parlamento, para fazer um duro ataque aos partidos da oposição, PSD e CDS.

“São esses bons resultados que a oposição faz por não reconhecer e nestes debates faz por não debater. Este debate, mais uma vez, demonstrou que a oposição tem horror ao sucesso do Governo. E trata esse sucesso como se ele não fosse o sucesso do país”, afirmou no debate.

O líder parlamentar e presidente do PS recordou que Portugal está a viver o “crescimento mais sustentável da década”, a crescer “mais do que média da zona euro” e lembrou que está, de novo, em convergência com a União Europeia, “17 anos depois”.

E sublinhou que foi com este governo do PS, “apoiado pelos partidos à sua esquerda”, que subiram os índices de confiança dos empresários na economia portuguesa.