Política

130 mil euros para missão da EMIR no Porto Santo

O Conselho do Governo Regional da Madeira aprovou hoje a missão da Equipa Médica de Intervenção Rápida (EMIR) no Porto Santo, no verão de 2018, cujos encargos estão avaliados em 130 mil euros (Vídeo)

© GRM

Este ano, a missão da EMIR vai decorrer nos períodos de 21 a 24 de junho, no âmbito das festas de São João, que levam muitas pessoas à ilha, e de 8 de julho a 16 de setembro.

Desde 2015 que a Equipa Médica de Intervenção Rápida (EMIR), integrada no Serviço de Emergência Médica Regional (SEMER) do Serviço Regional de Proteção Civil, IP-RAM, é destacada para a ilha de Porto Santo, durante o período estival.

O Governo decidiu ainda agraciar 13 personalidades e uma instituição com Insígnias Honoríficas Madeirenses no Dia da Região, a 01 de julho, nomeadamente as Insígnias Autonómica de Valor, Autonómica de Distinção e Autonómica de Bons Serviços.

Com Insígnias Autonómicas de Valor serão agraciados Maximiano Sousa, conhecido como Max (a título póstumo), José Lino Pestana (a título póstumo), Maria Manuela Aranha da Conceição e Maria Inês Rodrigues dos Santos Guerreiro.

Serão ainda atribuídas seis Insígnias Autonómicas de Distinção: a João António Filipe Pestana (a título póstumo), a Amândio de Sousa, a Maria Francisca Teresa Clode, a Francis John Zino, a José Cardina de Freitas Melim e ainda à Orquestra Clássica da Madeira

O Governo Regional vai ainda agraciar quatro individualidades com Insígnias Autonómicas de Bons Serviços, uma das quais a título póstumo: Rui de Sande Mexia Aires de Campos de Barros Mendes. As outras três personalidades são: Jorge Domingos de Jesus, Maria Martins Gonçalves Góis Ferreira e Maria João Machado de Ornelas Gonçalves Teixeira.

O Governo autorizou, entre outras, a celebração de um protocolo de desenvolvimento e cooperação com o Clube Sports Madeira, tendo em vista a realização do Rali Vinho Madeira 2018" no valor de 345 mil euros.

LUSA