Política

Albuquerque diz que vitória do PSD na Madeira é a primeira derrota de Costa

Eleições Europeias 2019

Miguel Albuquerque © PSD

O presidente do PSD-Madeira, Miguel Albuquerque, disse hoje que a vitória do partido na Madeira nas eleições europeias é a "primeira derrota" do secretário-geral e primeiro-ministro, António Costa.

"É uma primeira derrota [de António Costa] e é uma derrota estrondosa do PS local", declarou Miguel Albuquerque, num comentário aos resultados das eleições europeias na Região Autónoma da Madeira que classificou de "expressiva vitória".

O presidente do PSD da Madeira lembrou que "na última vez que o senhor primeiro-ministro esteve no Funchal afirmou que as eleições europeias eram, aqui, na região, três em um para ganhar na Madeira. Hoje levou a resposta dos madeirenses e dos porto-santenses".

"Esta é uma vitória dos madeirenses e porto-santenses que entenderam escolher mais uma vez o partido que sempre os defendeu e continuará a defender no país e na Europa", realçou.

Para Miguel Albuquerque, a vitória do PSD na Madeira, que ganhou em nove dos 11 concelhos.

"É também uma vitória do trabalho e da seriedade contra a arrogância e os ataques que temos sofrido do Governo central, do primeiro-ministro e do PS local, partido sempre submetido às prepotências de Lisboa", criticou.

"É, na verdade, o primeiro resultado deste novo ciclo político e é a expressão dos madeirenses e porto-santenses contra uma arrogância que estava aí a pairar, que iam tomar conta da Madeira, que isto ia voltar a ser uma colónia, que íamos a estar submetidos às injunções e das ordens do primeiro-ministro de Lisboa através de um partido que nunca teve, nem capacidade, nem coragem para defender os madeirenses e porto-santenses", referiu.

Miguel Albuquerque elogiou a candidata da Madeira, Cláudia Monteiro de Aguiar, e manifestou a esperança que a mesma seja eleita para o Parlamento Europeu e salientou também ser uma derrota do candidato socialista à presidência do Governo Regional nas eleições de 22 de setembro, Paulo Cafôfo.

"Ainda estamos em processo de apuramento a nível nacional, mas a nossa expectativa é que a nossa candidata seja eleita", considerou.

Cláudia Monteiro de Aguiar, por seu lado, considerou que o PSD teve uma "vitória expressiva" graças "à unidade do partido".

"Aguardemos com expectativa e serenidade os resultados nacionais", comentou numa alusão à sua reeleição ou não.

Cláudia Aguiar figura em sexto lugar nas lista de deputados do PSD ao Parlamento Europeu.

o PSD obteve 37,15% (36.928 votos), segundo dados do Ministério da Administração Interna, na Região Autónoma da Madeira.

O PS obteve 25,81% (25.657 votos) e, em terceiro lugar ficou o CDS-PP com 8,08% (8.033 votos).


LUSA