Política

Câmara do Funchal aprova empréstimo de 7,5 ME com taxa de juro fixa de 2,19%

A Câmara Municipal do Funchal aprovou hoje contrair um empréstimo de 7,5 milhões de euros para a execução de obras em habitação social, infraestruturas viárias, saneamento básico e redes de água potável, informou o vice-presidente da autarquia (Vídeo)

© CMF

"Foram convidadas cinco instituições de crédito [a apresentar propostas] e é com satisfação que conseguimos uma taxa de juro fixa num valor absolutamente notável de 2,19% a 20 anos", declarou Miguel Gouveia, após a reunião do executivo camarário madeirense.

O autarca esclareceu que o empréstimo foi adjudicado à Caixa Geral de Depósitos, vincando que o mesmo é uma "prova provada" da recuperação da credibilidade do município.

"A taxa de juro é absolutamente fantástica e está em linha com aquilo que Portugal paga nas suas obrigações com a dívida pública", disse, reforçando que a Câmara Municipal do Funchal é atualmente uma instituição de "confiança" e um bom parceiro comercial.

Miguel Gouveia indicou, por outro lado, que o executivo camarário, liderado pela coligação Confiança (PS/BE/PDR/Nós, Cidadãos!), aprovou também a adjudicação de trabalhos adicionais no valor de 31 mil euros num edifício de habitação social com 28 fogos, que se encontra em fase de acabamentos.

C/ LUSA